Notícias - Gerais

Publicado 30/08/2014

Economia capixaba cresce 1,8% no segundo trimestre de 2014

Economia capixaba cresce 1,8% no segundo trimestre de 2014

O Produto Interno Bruto (PIB) do Espírito Santo registrou crescimento de 1,8% no segundo trimestre de 2014 em relação ao trimestre anterior, demonstrando uma recuperação da economia capixaba.

A economia do Estado teve resultado positivo em todas as bases de comparação avaliadas. O bom desempenho do segundo trimestre reverteu o comportamento negativo medido no trimestre anterior. Assim, no acumulado do ano, o Espírito Santo somou 1,1% de crescimento.

Os dados foram divulgados pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e representam uma estimativa do PIB estadual, que é a soma das riquezas geradas pelo conjunto dos diversos setores da economia capixaba.

Em relação ao mesmo período de 2013, o aumento foi de 2,1%. Já no dado anualizado (últimos quatro trimestres), o resultado estadual foi de +0,4%.

A expectativa do PIB nominal do Estado do Espírito Santo (em valores acumulados dos últimos quatro trimestres), que era de R$ 111,3 bilhões em 2013, alcançou a cifra de R$ 115,9 bilhões no segundo trimestre de 2014.

Já a economia brasileira apresentou queda. Na comparação com o primeiro trimestre deste ano, houve recuo de -0,6% no PIB do Brasil. Em relação ao mesmo trimestre de 2013, a queda foi de -0,9%. No acumulado de quatro trimestres, houve crescimento de 1,4% em relação aos quatro trimestres anteriores. Em relação ao primeiro semestre, o PIB apresentou expansão de 0,5% em relação ao mesmo período de 2013. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A comparação entre as variações do PIB do Brasil e do Espírito Santo no 2º trimestre de 2014 mostram que o desempenho estadual ficou acima do nacional em três das quatro medidas de desempenho. A variação do indicador brasileiro foi melhor apenas no acumulado de quatro trimestres, no qual registrou expansão de +1,4% contra +0,4% do indicador capixaba.

Metodologia

O cálculo do PIB Trimestral é uma estimativa da atividade econômica no ES, feita pelo IJSN a partir de bases de dados nacionais e locais, com metodologia própria do Instituto.

O PIB oficial do Estado, calculado e divulgado anualmente em uma parceria entre o IJSN e o IBGE, possui uma defasagem de dois anos, assim sendo, o dado mais atual disponível é o PIB de 2011. Entretanto, a metodologia do IJSN permite que o Espírito Santo tenha uma estimativa de medição da atividade econômica estadual do ano de 2014.

Fonte: Assessoria de Comunicação/SEP

Foto: Foto: Léo Júnior/Seag