Notícias - Vale

Publicado 10/06/2017

Vale e Pupa levam projeto de desenvolvimento infantil a Cariacica

Vale e Pupa levam projeto de desenvolvimento infantil a Cariacica

Iniciativa irá beneficiar moradores de Flexal I e II e de Nova Canaã

Nos dias 19 e 26 de outubro, moradores de Flexal I, Flexal II e Nova Canaã, em Cariacica, irão participar do Pupa Vencer, projeto que tem o objetivo de promover a formação de cuidadores de crianças na chamada "primeira infância", fase que compreende a faixa etária de 0 a 6 anos. A iniciativa, que está sendo viabilizada pela Vale, é fruto de uma parceria entre a mineradora e a Pupa Empreendimentos Educacionais, empresa de São Paulo especializada em estudos voltados à primeira infância.  

O curso será destinado tanto a pais, que receberão orientações sobre como aproveitar melhor o tempo com os seus filhos, quanto para as pessoas que ficam responsáveis por tomar conta das crianças quando as mães e os pais se ausentam para trabalhar - como avós, tias, irmãs mais velhas ou vizinhas.  

"O objetivo principal do Pupa Vencer é promover o desenvolvimento infantil por meio do estímulo", explica a presidente da Pupa Empreendimentos Educacionais, Mary Anne de Amorim. De acordo com Mary, a formação promove o resgate e a valorização da infância por meio de uma metodologia diferenciada e orienta os participantes sobre como estimular a construção da inteligência dos pequenos. "Além disso, também procuraremos orientar os participantes sobre as diferentes formas de otimizar a rotina com as crianças e, assim, obter melhores resultados no convívio diário", explica.  

Aprendizado para toda a vida  

"A primeira infância é a fase mais importante na formação do ser humano, a etapa que merece mais atenção dos pais e responsáveis. Isso porque é nesse período que são formados os padrões comportamentais das crianças que irão determinar o perfil daquela pessoa na vida adulta", explica Mary.  

Segundo ela, a carência de informação, conhecimento, recursos e de espaços lúdicos gera um grande desperdício na formação da inteligência das crianças dessa faixa etária. "E esse desperdício não tem como ser recuperado, pois é entre 0 e 6 anos que o cérebro passa por etapas decisivas de desenvolvimento. Dessa forma, aproveitar corretamente esse período da infância reflete em melhores resultados educacionais e emocionais ao longo da vida", ressalta.



Fonte: Assessoria de Imprensa Vale