Notícias - Vale

Publicado 06/04/2020

Vale disponibiliza contêineres com ar condicionado e macas para a Santa Casa de Ouro Preto e ambulâncias para Mariana (MG)

Vale disponibiliza contêineres com ar condicionado e macas para a Santa Casa de Ouro Preto e ambulâncias para Mariana (MG)

Iniciativas contribuem para reforçar proteção da população e dos profissionais da saúde durante pandemia do Coronavírus

Em apoio ao combate à disseminação do COVID-19, a Vale disponibilizou para a Santa Casa da Misericórdia de Ouro Preto-MG cinco contêineres com ar condicionado e macas. Os equipamentos serão utilizados como local de primeiro acolhimento para casos suspeitos do novo Coronavírus. Com esse trabalho de triagem é possível dar encaminhamento correto para os pacientes que apresentarem os sintomas. Os contêineres já foram entregues à instituição.

Também serão disponibilizadas três ambulâncias para a prefeitura de Mariana (MG). Os veículos serão utilizados para auxiliar nos atendimentos de casos suspeitos de COVID-19 e transferência de pacientes.

Outras ações

A Vale também está contribuindo em nível estadual. A empresa acordou com o Governo de Minas a antecipação de R$ 500 milhões do acordo final para a Reparação dos efeitos do rompimento da barragem I, em Brumadinho, para combate à pandemia do COVID-19 no Estado. A destinação contou com a intermediação da Justiça do Estado de Minas Gerais, Ministério Público e Defensoria Pública.

A empresa também vem tomando todas as medidas necessárias para reforçar a prevenção do COVID-19 nas localidades onde está presente e em seus locais de trabalho. A empresa está instalando 81 câmeras térmicas nas portarias de suas unidades em quatro estados (MG, PA, ES e MA) com o objetivo de identificar pessoas que estejam com alta temperatura corporal, um dos sintomas do novo Coronavírus (Covid-19). Tem ainda focado em reduzir a presença do efetivo administrativo e operacional nas unidades, de forma a manter apenas os serviços essenciais.

Além do trabalho remoto adotado desde 16 de março para empregados, cujas funções são elegíveis a home office e para empregados dos grupos de risco, conforme orientação do Ministério da Saúde, a empresa colocou em prática uma série de ações preventivas e proativas para evitar aglomeração, como redução da quantidade de pessoas nas portarias, nos ônibus e nos restaurantes.

A Vale reforça que está em conformidade com os protocolos de saúde e segurança estabelecidos pelas autoridades e agências de cada um dos países em que opera e está monitorando o desenvolvimento da situação.

 



Fonte: Comunicação Vale