Loading...

Notícia

Notícia:
Publicado: 08/11/2021 00:00h

Edital de espaços culturais do Instituto Cultural Vale divulga projetos selecionados

Edital de espaços culturais do Instituto Cultural Vale divulga projetos selecionados
Foram divulgados os 160 projetos culturais selecionados pelo Edital Apoia, iniciativa do Instituto Cultural Vale e de seus espaços culturais próprios - Casa da Cultura de Canaã dos Carajás, Centro Cultural Vale Maranhão, Memorial Vale Minas Gerais e Museu Vale. Os projetos representam as manifestações culturais regionais brasileiras e foram escolhidos por um comitê técnico formado por consultores externos regionais e nacionais, e equipe do Instituto Cultural Vale. Ao todo, o edital recebeu inscrições de 2.639 projetos das regiões contempladas.

O edital, realizado com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura, destina R$ 1,6 milhão exclusivamente a projetos de profissionais de cultura nos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Maranhão e Pará (R$ 400 mil para cada estado). O resultado, assim como mais informações sobre o edital, podem ser conferidos nos sites de cada um dos espaços culturais.

“Com o Edital Apoia, o Instituto Cultural Vale, ao lado dos museus e centros culturais que o integram, celebra as manifestações culturais regionais, essenciais para a nossa formação enquanto brasileiros. Reverenciamos também os profissionais da economia criativa destas regiões e todo o seu potencial criativo. A cultura faz de nós quem somos e atua como guia de nosso desenvolvimento enquanto sociedade”, afirma Flavia Constant, Gerente Executiva de Investimento Social e Cultura da Vale.

Além do Edital Apoia, o Instituto Cultural Vale realizou duas Chamadas Culturais desde a sua criação, em 2020, para beneficiar projetos a serem patrocinados com recursos via Lei Federal de Incentivo à Cultura. A Chamada Instituto Cultural Vale tem divulgação de resultados prevista para o dia 30 de novembro. Com foco na criação de redes que fortalecem a Cultura, o Instituto Cultural Vale também se uniu ao BNDES no projeto “Resgatando a História” ao lado da Ambev, da EDP, do Instituto Neonergia e da MRS Logística para investirem, juntos, R$ 200 milhões em projetos localizados em todas as regiões do país selecionados por meio de uma chamada pública.

Casa da Cultura de Canaã dos Carajás (PA)

16 municípios contemplados

“Pudemos constatar a diversidade cultural contida no estado do Pará. Não foi tarefa fácil para os avaliadores, ainda que detentores de notório saber na área da cultura popular, decidir quais seriam aprovados. Foram projetos de dança, teatro, incentivo à leitura, música, resgate de tradições, manifestações tradicionais, artistas, fazedores de cultura e agitadores culturais, propostas lindas, com histórico maravilhoso e que demonstram o poder transformador que a cultura tem e como ela foi de grande auxílio nestes últimos tempos de pandemia. Esperamos que o prêmio possa não só incentivar a continuidade destas ações, mas fomentar que elas se desdobrem em muitas outras”, afirma Fernando Guerra, gestor da Casa da Cultura de Canaã dos Carajás.

Museu Vale (ES)

17 municípios contemplados

“No Espírito Santo, os projetos escolhidos abrangem desde as manifestações populares ancestrais, como o Congo, o Jongo, a Folia de Reis, o Boi Pintadinho, o Caxambu, a herança indígena, quilombola, italiana, a capoeira, a artesania, também a literatura e a música capixaba. Além disso, foram contemplados projetos que transformam essa herança cultural utilizando elementos e ferramentas contemporâneas na promoção da conscientização sobre a nossa história, noções de pertencimento, empoderamento e cidadania, como é o caso de projetos ligados ao audiovisual, à cultura Hip Hop e outros”, revela Ronaldo Barbosa, gestor do Museu Vale.

Centro Cultural Vale Maranhão (MA)

24 municípios contemplados

“No Maranhão, a realização da segunda edição do edital atesta a importância de programas que valorizem as culturas locais e suas produções. O prêmio, além de reconhecer artistas e grupos, revela novos nomes da cultura popular, além de colaborar para a manutenção e preservação de expressões raras, em vias de desaparecimento, como é o caso do Bumba-Boi de Costa de Mão. Dentre os projetos submetidos, foram selecionados representantes de 24 municípios e povoados, dentre eles, Mestres artesãos, músicos, escultores, grupos de Bumba-Boi, Tambor de Crioula, Divino Espírito Santo e tantas outras expressões que perfazem as riquezas culturais do estado do Maranhão”, diz Gabriel Gutierrez, gestor do CCVM.

Memorial Minas Gerais Vale (MG)

27 municípios contemplados

“A proposta da curadoria do Edital MMGV Apoia foi a diversidade, mérito também das inscrições que apresentaram um rico, colorido, sonoro e instigante mosaico cultural do estado de Minas Gerais. O resultado desvela que a cultura popular não é imóvel no tempo, mas parte do tempo, espaço tanto de mestres das folias de reis, dos catopês, das cabocladas, das marujadas, grupos de teatro quilombolas, sonoridades de regiões específicas do estado, quanto de artistas que pensam o popular com uma mirada utópica, projetando futuro. O Edital MMGV Apoia foi um grande incentivo à cultura tradicional do nosso Estado. Possibilitou a aproximação e conhecimento da realidade dos mestres, detentores e coletivos da cultura popular, essência do nosso patrimônio cultural”, afirma Wagner Tameirão, gestor do MMGV.

Espaços culturais do Instituto Cultural Vale

Centro Cultural Vale Maranhão (MA): ccv-ma.org.br

Memorial Vale Minas Gerais (MG): memorialvale.com.br

Museu Vale (ES): museuvale.com

Casa da Cultura de Canaã dos Carajás (PA): casadaculturacanaa.com.br

Fonte da notícia: Assessoria de Imprensa Instituto Cultural Vale
Novembro 2021 / Edição: 136
Novembro 2021 / Edição: 136 Edições Anteriores
Arquivos