Notícias - Samarco

Publicado 28/02/2020

Fundação Renova firma convênio com Fapemig e Fapes e viabiliza pesquisas epidemiológicas e sanitárias

Fundação Renova firma convênio com Fapemig e Fapes e viabiliza pesquisas epidemiológicas e sanitárias

Edital prevê a realização de estudos na área atingida pelo rompimento da barragem de Fundão

A Fundação Renova e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), com interveniência da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) e dos governos dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, firmaram um convênio de cooperação técnica para selecionar projetos de pesquisa, ensino e extensão para traçar perfil epidemiológico e sanitário, retrospectivo, atual e prospectivo dos moradores de Mariana até a foz do Rio Doce. O principal objetivo do convênio é avaliar os riscos e as correlações decorrentes do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), e responder às demandas do poder público e da população atingida em relação aos possíveis impactos.
 
A Fapes e a Fapemig serão responsáveis pela elaboração do edital de seleção dos projetos de pesquisa no Espírito Santo e em Minas Gerais. Caberá à Fundação Renova disponibilizar um total de R$ 15 milhões às instituições de pesquisa para a realização dos estudos previstos que vão incluir os temas: epidemiologia, saúde mental, saúde do trabalhador e toxicologia.

O edital de chamada para as instituições interessadas em participar do processo seletivo deve ser publicado nos próximos meses.



Fonte: Fundação Renova