Notícias - Samarco

Publicado 08/09/2021

ARTIGO - Samarco: Uma mineração diferente, feita por pessoas

ARTIGO - Samarco: Uma mineração diferente, feita por pessoas
Rodrigo Vilela, diretor-presidente da Samarco

Acredito que nenhuma organização sobreviva sem dois pilares: um propósito consistente e valores compartilhados. A história da Samarco demonstra isto. Recentemente, completamos 44 anos, uma jornada marcada pela superação, resiliência, lições aprendidas e inovação. Quem nos trouxe até aqui e nos impulsiona diariamente a seguir em frente são as pessoas. Afinal, a Samarco é construída por cada um dos nossos empregados e empregadas, que encontraram na humildade e na capacidade técnica a motivação para reconstruir a nossa empresa e nos deram, juntamente com contratados e parceiros, suporte em todos os momentos de nossa trajetória. 

Por isso, esta semana celebramos a primeira colocação entre as empresas do setor de Mineração, Metalurgia e Siderurgia do prêmio “Lugares Incríveis para Trabalhar”, promovido pelo UOL e Fundação Instituto de Administração (FIA). Um reconhecimento de nosso esforço e que surge em um momento de reestruturação da empresa. Esta certificação indica que estamos no caminho correto, a partir de um ambiente saudável, com o clima e cultura organizacional cada vez mais fortes, buscamos construir uma mineração mais segura e sustentável. 

Mais do que isso, esta classificação torna-se especial, pois também foi realizada com base na avaliação do maior ativo de nossa empresa: as pessoas. Contamos um alto índice de favorabilidade e atingimos 90,2 no índice de clima organizacional (i-CO), em uma escala de 100 pontos. 

Neste momento singular pelo qual estamos passando, com a pandemia, retomada das operações e da reconstrução das relações, fomos desafiados a repensar novos modelos e relações de trabalho, sempre pautados pelos nossos valores. Implementamos melhorias rápidas em tecnologia e nos novos modelos organizacionais e operacionais, com foco em manter a produtividade, a segurança e o bem-estar físico e emocional das equipes. Seguimos com nossas ações guiadas pelo respeito às pessoas, numa jornada rumo a uma mineração diferente.  

Tenho certeza que grandes transformações podem surgir de dentro para fora da organização. Queremos reconquistar a confiança da sociedade e estreitar nossos relacionamentos com as comunidades que nos recebem em Minas Gerais e no Espírito Santo. Pelo o que apontou a pesquisa, temos um clima e um ambiente interno propícios para avançarmos, contando com times determinados em continuar aprendendo para evoluir e transformar. Sabemos que podemos fazer ainda mais e faremos! 


Fonte: Print Comunicação