Notícias - Petrobras

Publicado 07/12/2019

Mais uma plataforma rumo ao pré-sal: vem aí a P-70

Mais uma plataforma rumo ao pré-sal: vem aí a P-70

A Bacia de Santos vai contar com mais um FPSO (sigla em inglês para Unidade flutuante de produção, estoque e transferência de petróleo), com capacidade para produzir 150 mil barris de óleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. A P-70 foi finalizada no estaleiro COOEC em Qingdao, na China, e seguirá rumo ao Brasil.

A P-70 faz parte da série de plataformas replicantes, que atualmente respondem por parte da produção no pré-sal, com a operação já iniciada nas unidades P-66, P-67, P-68 e P-69.

O transporte da P-70 para o Brasil será realizado pela modalidade chamada de dry tow (reboque seco), o que significa que ao invés de ser conduzida por rebocadores oceânicos, a Unidade será embarcada em um semi-submersible heavy lift ship (navio semissubmersível para transporte de carga pesada). Serão 78 mil toneladas, o que corresponde ao peso de 220 boeings 747, milimetricamente acomodadas na embarcação. Isso reduzirá em cerca de 40 dias o tempo de viagem da China ao Brasil. No mundo, manobra desse porte só foi realizada uma única vez: na P-67, segunda unidade da série de replicantes.

Veja como foi a ida aos mares rumo ao Brasil:



Fonte: Assessoria de Imprensa Petrobras