Notícias - Petrobras

Publicado 30/11/2013

6ª Conferência Brasileira de APLs começa nesta terça-feira

6ª Conferência Brasileira de APLs começa nesta terça-feira

Programação inclui exposição e venda de produtos e apresentação de casos de sucesso de várias partes do país

A 6ª Conferência Brasileira de Arranjos Produtivos Locais (APLs) será aberta oficialmente dia 3 de dezembro, às 18h, com discursos de autoridades e palestra magna do professor Sérgio Castro, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC/GO). Ele fala sobre o tema do evento, “A Sustentabilidade dos APLs: Governança, Conhecimento e Inovação”. A conferência prossegue dias 4 e 5 de dezembro, no Centro de Eventos da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), em Brasília.

Durante os três dias de evento, haverá apresentação de casos de sucesso de APLs de 12 estados: Pernambuco, Goiás, Mato Grosso do Sul, Acre, Alagoas, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Pará. Também serão realizados minicursos, workshops, oficinas e mesas redondas para debater políticas públicas voltadas ao segmento.

Os participantes ainda poderão visitar a Mostra de Produtos, com a exposição e venda de itens diversos. Dentre os produtos à venda, haverá peças de vestuário feminino, masculino e infantil, joias, redes de dormir, cachaça, peças de decoração, gemas e joias em quartzo, entre outros.

O público-alvo da conferência são gestores de arranjos produtivos locais, autoridades governamentais, empresários, sindicatos, acadêmicos, instituições financeiras e diversos outros parceiros para aperfeiçoar as políticas de apoio aos arranjos pelo país. As inscrições estão abertas e podem ser feitas por meio do Observatório Brasileiro de APL.

A conferência é organizada a cada dois anos pelo Grupo de Trabalho Permanente em Arranjos Produtivos Locais (GTP-APL), formado por 40 instituições públicas e privadas. O grupo é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

O que são APLs

Arranjos Produtivos Locais são aglomerações de empreendimentos de uma mesma atividade produtiva localizados em determinada região geográfica. As empresas que formam esses agrupamentos geralmente apresentam vínculos de articulação, cooperação e aprendizagem entre si.

A interação também é realizada com organizações locais, como governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa, com o objetivo de buscar o desenvolvimento do setor naquela região. Esse tipo de arranjo produtivo existe também no exterior, onde é denominado cluster.

SERVIÇO:

6ª Conferência Brasileira de Arranjos Produtivos Locais (APLs) Data: 3 a 5 de dezembro de 2013 Horários: Confira programação no Observatório Brasileiro de APL Local: Centro de Eventos da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC) – SGAS 902 s/n, bloco C, Brasília - DF, CEP 70390-020.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MDIC (61) 2027-7190 e 2027-7198 Juliana Ribeiro juliana.ribeiro@mdic.gov.br