Notícias - Gerais

Publicado 03/06/2014

Sustentabilidade nas cidades é tema de Congresso em Vitória

Sustentabilidade nas cidades é tema de Congresso em Vitória

Foi realizada na manhã nesta terça-feira (03) a abertura do Primeiro Congresso para Cidades Sustentáveis e do Primeiro Encontro de ONGs para a Sustentabilidade. O objetivo é discutir de que forma as cidades capixabas podem continuar crescendo aliando o desenvolvimento econômico às questões sociais e ambientais e se tornando sustentáveis.

Serão debatidos temas como a economia verde, consumo consciente, o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, mobilidade urbana, desastres naturais, entre outros.

A secretária de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Diane Rangel, comentou sobre a necessidade de integração das políticas públicas no mesmo território e da participação social nos fóruns de governança. “Precisamos mudar nossos paradigmas, repensar todos os dias em como construir uma cidade sustentável, buscando alternativas e opções para novos caminhos”, afirmou.

“O segredo da sustentabilidade não está só na cabeça de quem atua na área de meio ambiente, mas nos nossos líderes. Tem que se pensar de forma sustentável”, disse o presidente da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente no Espírito Santo (Anamma-ES), Aladim Cerqueira.

Também participaram da abertura o presidente da Associação de Municípios do Espírito Santo (Amunes), Dalton Perim, a presidente da Agência Nacional de Desenvolvimento Econômico, Social e de Defesa Ambiental (Andesa), Vanessa Gonçalves, e representantes da Defesa Civil Estadual, Incaper e das prefeituras de Vitória e Vila Velha, entre outros. Informações Adicionais: Programação: Dia 3 de junho (terça-feira)

Bandes 16h30

O uso sustentável das áreas públicas por meio da mobilização colaborativa André Palhano – idealizador e coordenador da Virada Sustentável Encerramento das atividades do primeiro dia

Dia 4 de junho (quarta-feira)

09h Mesa redonda Os nós da mobilidade urbana, os fatores econômicos, ambientais e o urbanismo sustentável Vânia Barcellos Gouvêa Campos – Professora do Instituto Militar de Engenharia Cristina Engel – Professora da Universidade Federal do Espírito Santo Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano

12h Intervalo para almoço

14h Mesa Redonda Desastres naturais e a capacidade de resiliência das cidades capixabas: o que está sendo feito? Gunars Plattais – Banco Mundial Ministério da Integração Nacional – Secretaria de Nacional de proteção e Defesa Civil Davi Casarin – Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Major Pimenta – chefe do Departamento de Prevenção da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil

16h30 – Encerramento das atividades do evento

fonte: Assessoria de Comunicação Seama/Iema