Notícias - Gerais

Publicado 29/05/2020

Porto Central conclui com sucesso a Cerimônia Virtual de Celebração de Termos de Cooperação Técnica com instituições públicas e privadas

Porto Central conclui com sucesso a Cerimônia Virtual de Celebração de Termos de Cooperação Técnica com instituições públicas e privadas
O Porto Central realizou no dia 27 de maio uma Cerimônia Virtual para a celebração dos Termos de Cooperação Técnica com diversas instituições públicas e privadas para a criação dos fóruns de participação social dos seguintes Programas Socioeconômicos do Porto Central:

• Programa de Monitoramento Socioeconômico (PMSE)
• Programa de Apoio do Desenvolvimento Regional (PADR)
• Programa de Mobilização e Desmobilização (PMD)

Esses programas socioeconômicos visam promover o desenvolvimento sustentável da região de forma harmônica, integrada e participativa. A implementação destes programas faz parte do cumprimento das condicionantes ambientais estabelecidas na Licença Ambiental do Porto Central emitida pelo Ibama, bem como das ações preparatórias que antecedem o início das obras do porto.

A cerimônia contou com a presença de até 96 participantes, incluindo o Governo do Estado do Espírito Santo, representado pelo Secretário de Estado de Desenvolvimento, Sr. Marcos Kneip, o Município de Presidente Kennedy, representado pelo Prefeito Sr. Dorlei Fontão, entre outras autoridades públicas e privadas da área de influência do empreendimento.

A solenidade simbólica de assinatura dos Termos de Cooperação Técnica contou com a participação de 18 instituições signatárias. O Porto Central reforçou o convite às demais instituições presentes no evento a também integrarem os fóruns de participação social dos Programas Socioeconômicos do Porto Central.

O evento ainda contou com uma apresentação sobre os avanços do projeto pelo CEO do Porto Central, Sr. José Maria Vieira Novaes, e uma apresentação pelo CEO da DVF Consultoria, Sr. Durval Vieira de Freitas, detalhando os objetivos de cada um dos programas socioeconômicos que foram criados para preparar a mão-de-obra e fornecedores locais, bem como para monitorar os indicadores socioeconômicos e os impactos sobre a infraestrutura da região com a implementação do Porto Central.


Fonte: Assessoria de Imprensa do Porto Central