Notícias - Gerais

Publicado 14/09/2016

Banestes entre os 25 maiores bancos do país

Banestes entre os 25 maiores bancos do país
O jornal “Valor Econômico” publicou a relação das maiores empresas no país. O Banestes subiu três posições no ranking do setor financeiro e ocupa o 25º lugar entre os 100 maiores bancos. A publicação faz parte da revista “Valor 1000”, edição 2016. 

Ocupar essa posição significa que o Banestes teve suas demonstrações contábeis avaliadas pela “Valor 1000”, com a chancela do Centro de Estudos em Finanças da Eaesp/Fundação Getúlio Vargas e da Serasa Experian. A publicação utilizou 22 indicadores para classificar as empresas no ranking de finanças. Entre eles o capital, o ativo total, o patrimônio líquido, a receita da intermediação financeira, entre outros conceitos. 

O estudo destaca os desafios impostos pela desaceleração da economia para o setor financeiro e a expectativa dos bancos em relação a um processo de estabilização dos níveis de inadimplência que promova uma melhoria dos ganhos obtidos com as operações de crédito. 

Diante deste cenário, a posição de destaque ocupada pelo Banestes e sua trajetória sustentável de crescimento nos últimos anos reafirmam a capacidade de geração de resultados do banco e a consistência de sua estratégia comercial. 

Na avaliação dos indicadores relacionados a depósitos totais, o Banestes está entre as 20 maiores empresas do setor financeiro, estando na 15ª posição, de acordo com a “Valor 1000”. Destacando a solidez da empresa, o banco ocupa o 20º lugar no ranking de rentabilidade sobre o patrimônio entre os bancos pequenos e médios.
Em agosto último, durante reunião pública, o Banestes divulgou o balanço semestral. Os números demonstram resultados positivos, refletidos no alcance de R$ 84,7 milhões de Lucro Líquido, montante 2,8% maior em comparação ao mesmo período de 2015.

O Resultado Operacional foi de R$ 136,2 milhões, expandindo 4,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

O Patrimônio Líquido alcançou a marca de R$ 1,2 bilhão em junho de 2016, sendo 8,6% superior ao registrado no mesmo mês de 2015. Este nível de capitalização refletiu diretamente no Índice de Basileia, que ficou em 18,6%.

O saldo dos Ativos Sob Gestão atingiu R$ 20,6 bilhões, uma expansão de 13,9% sobre o 1º semestre de 2015 - um recorde no total de bens e direitos sob responsabilidade do Banestes. 


Fonte: Assessoria de Comunicação Banestes