Notícias - Gerais

Publicado 13/01/2020

Bandes dá dicas de como planejar sua empresa em 2020

Bandes dá dicas de como planejar sua empresa em 2020

O Bandes listou alguns dos principais pontos que o empresário deve ficar atento para se planejar

No início de cada ano, é comum as pessoas traçarem metas para serem alcançadas e refletir sobre as ações realizadas no período que terminou. No meio empresarial não é diferente. Para auxiliar neste processo, o gerente de Planejamento e Processos do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Sávio Bertochi Caçador, separou cinco pontos indispensáveis para empreendedores que desejam ter um ano promissor nos negócios.

Analise o mercado em que a empresa está inserida

Analise as mudanças de mercado que aconteceram no ano que acabou. Faça um levantamento da procura, gastos e lucros da comercialização do seu produto ou serviço. Além disso, pesquise as previsões do mercado para o novo ano. Outro passo importante é entender a rotina de consumo do seu público-alvo e ficar atento a ameaças de produtos ou serviços substitutos, indicadores que podem apontar para uma remodelagem do seu negócio.

Independentemente do seu tipo de negócio, sempre faça a análise da concorrência. O objetivo é levantar informações que possam ser adaptadas para sua empresa, como também, o que você não deve fazer. E não se esqueça de fazer um levantamento das experiências com seus fornecedores, levando em conta aspectos como confiabilidade, preços e acessibilidade. Se necessário, mapeie possíveis novos fornecedores.

Avalie riscos e oportunidades para a empresa

Avaliar riscos e oportunidades ajuda a administrar os negócios de maneira mais assertiva, reduzindo as incertezas de maneira estruturada. Alguns fatores podem ter impacto negativo (riscos) ou positivo (oportunidades) para a empresa. Mapeá-los é o início do processo de desenvolvimento de estratégias para eliminar riscos ou potencializar pontos positivos.

Neste processo, é necessário efetuar uma síntese das análises internas e externas do seu negócio.

Alguns fatores internos a serem avaliados: estrutura e cultura organizacional, maquinário, políticas de vendas, tecnologias usadas, softwares e sistemas de gestão, carteiras de clientes, entrada e saída de recursos financeiros, potencial de investimento, fornecedores, produtos, entre outros.

Alguns fatores externos a serem avaliados: clima, taxa de juros, mudanças de legislação, políticas ambientais, guerras, embargos econômicos, crises econômicas, eleições etc.

Estabeleça objetivos e resultados chave

Investir na metodologia OKR (Objectives and Key Results) – objetivos e resultados chave, em português – é uma maneira de a empresa se organizar para atingir seus objetivos e alcançar os melhores resultados possíveis. Para isso, é necessário o engajamento de todos os colaboradores da empresa.

Funciona da seguinte forma: É necessário estabelecer um objetivo (eu vou) e como a empresa saberá se está chegando lá (medido por). Por exemplo, “Eu vou fazer o planejamento do orçamento anual, medido por entregar o relatório da auditoria do ano anterior e concluir projeções de receitas”.

Traduza esses objetivos e resultados chave em metas para a equipe

Após estabelecer esses objetivos e resultados chave, devem-se formular equipes ou colaboradores individuais para alcançá-los. Traduzi-los em metas é uma maneira de engajar os funcionários.

Invista em reuniões periódicas para gerenciamento e acompanhamento do planejamento

É necessário que sejam feitas reuniões periódicas para acompanhamento dos resultados das metas propostas. Acompanhar o desenvolvimento permite avaliar as estratégias propostas no que diz respeito às suas funcionalidades, e, se necessário implementá-las ou modificá-las. 

Informações sobre linhas de financiamento:
Bandes Atende: 0800 283 4202
Av. Princesa Isabel, 54, Centro, Vitória
App disponível para Android e iOS
www.facebook.com/bandesonline
www.bandes.com.br



Fonte: ASCOM - Bandes