Notícias - Gerais

Publicado 05/04/2021

Atualizadas medidas de proteção aos portuários contra a covid-19

Atualizadas medidas de proteção aos portuários contra a covid-19
Com o objetivo de prevenir a disseminação da Covid-19 e mitigar suas consequências no âmbito do setor portuário, o Ministério da Infraestrutura (MInfra) atualizou a Recomendação Conjunta n° 01/2021. O documento trata dos protocolos e procedimentos a serem adotados para proteger os trabalhadores portuários avulsos enquanto a pandemia durar.

A nova recomendação reforça os protocolos que a  CODESA já vem cumprindo. Desde o início da pandemia, foram adotadas medidas contra a propagação do coronavírus como: manter distanciamento entre os trabalhadores; evitar aglomerações; uso obrigatório de máscara em todas as dependências do Porto de Vitória; instalação de pias, com fornecimento de sabão, em toda área operacional; instalação de dispenser de álcool em gel em 42 locais; higienização de salas administrativas e setores operacionais duas vezes ao dia; rodízio de colaboradores em jornada presencial e teletrabalho para os que se enquadram no quesito.

Atualização dos protocolos

Assinada em conjunto com Ministério Público do Trabalho (MPT), as recomendações são direcionadas às empresas do setor portuário, órgãos gestores de mão de obra (OGMO), autoridades portuárias e entidades sindicais.

Dentre as medidas recomendadas estão: a manutenção e atualização dos procedimentos para operações contingenciadas, o reforço no fornecimento de insumos, instalação de locais adequados para higienização das mãos, disponibilização de equipamentos de proteção individual e coletivos específicos para combate à disseminação do vírus, atendimento e monitoramento de trabalhadores com suspeita de contaminação e realização de limpeza e desinfecção de superfícies de forma regular.


Fonte: Assessoria Especial de Comunicação do Ministério da Infraestrutura Coordenação de Comunicação da CODESA