Notícias - ArcelorMittal

Publicado 13/02/2019

Obras na ArcelorMittal Tubarão gerarão mais de mil vagas

Obras na ArcelorMittal Tubarão gerarão mais de mil vagas
A ArcelorMittal Tubarão realizará no segundo semestre deste ano as obras de reforma do seu segundo alto-forno e da sua segunda máquina de lingotamento contínuo. Estes projetos representam investimentos na ordem de R$ 400 milhões e demandarão cerca de 1.100 profissionais, no pico das obras.
 
A empresa capixaba Imetame Metalmecânica, de Aracruz, ganhou a concorrência e será responsável pela fabricação de estruturas metálicas e montagem eletromecânica dos equipamentos. Valorizar fornecedores locais faz parte das premissas da ArcelorMittal Tubarão e a Imetame celebrou a conquista com entusiasmo entre seus colaboradores.
 
Saiba mais

Em 2018, o Alto-Forno 2 da ArcelorMittal Tubarão completou 20 anos de funcionamento e esta reforma possibilitará que continue operando por pelo menos mais 20 anos. O equipamento possui volume interno de 1.550 m3 e altura de 78 metros. Desde o início de sua operação, já registrou a produção ininterrupta e acumulada de 21,3 milhões de toneladas de ferro gusa, com uma média diária de 3.390 toneladas.

O Lingotamento Contínuo 2 da ArcelorMittal Tubarão entrou em operação junto com o Alto-Forno 02, em 1998. Também completou 20 anos de operação e é considerado um dos equipamentos que mudaram os rumos da história da empresa, pois configurou uma grande mudança no seu perfil, com grande avanço tecnológico e colocando a ArcelorMittal Tubarão, decisiva e competitivamente, no mercado mundial de placas de aço. Sua maior produção foi registrada no ano 2006, quando atingiu a marca de 2.801.722 toneladas de placas de aço produzidas, resultado de 9143 corridas. A produção acumulada (até 24 de janeiro de 2019) é de 48.425.882 toneladas.

Alguns eventuais questionamentos:
  1. Qual o valor total do investimento? R$ 400 milhões E em cada uma das obras? R$ 140 milhões na reforma do Alto-Forno 2 e R$ 260 milhões na do Revamp da Máquina de Lingotamento Contínuo 2
  2. O que será feito? Reforma do Alto-Forno 2, após 21 anos de operação, e reforma da máquina de Lingotamento Contínuo 2. No Alto-Forno 02 serão feitos, basicamente: troca dos refratários na parte interna do equipamento; melhorias no sistema de refrigeração e reforma do sistema de controle e alimentação elétrica. Na MLC2, serão substituídos todos os segmentos da máquina por novos e mais avançados tecnologicamente, o que permitirá a produção de aços de maior resistência e valor agregado.
  3. Qual a previsão de duração das obras (início e fim)? Terá duração de 60 dias, começando em meados de agosto.
  4. Quantos empregos temporários serão gerados? Ao todo serão necessários 1.100 trabalhadores. Quem fará a obra será a Imetame, empresa capixaba com sede em Aracruz e que ganhou a concorrência para a realização dos trabalhos em ambas as obras, concorrendo, inclusive, com empresas de padrão internacional. Ela é quem será responsável pela contratação do pessoal que atuará na obra, sendo que parte será oriunda do seu próprio quadro de funcionários.
  5. Quais profissionais serão necessários? Mecânicos, eletricistas, soldadores, caldereiros e refrataristas.
  6. Onde os candidatos interessados podem se inscrever para concorrer a uma das vagas? Não temos essa informação, pois quem cuidará de todo o processo de pessoal será a empresa Imetame.
  7. Após a conclusão das obras serão gerados empregos permanentes? Quantos e em quais áreas? Não serão gerados empregos permanentes nestes projetos, pois trata-se de reformas de equipamentos já existentes.
Porta-voz: Welington da Silva Guidoni - Gerente Geral de Engenharia, Implementação de Projetos e Serviços de Manutenção Central da ArcelorMittal Tubarão


Fonte: Mile4 Assessoria de Comunicação