Notícias - ArcelorMittal

Publicado 10/09/2013

Idosas tem dia especial em comemoração aos oito anos do projeto Digna Idade

Idosas tem dia especial em comemoração aos oito anos do projeto Digna Idade

Projeto é realizado pela ArcelorMittal Cariacica em parceria com a Fundação ArcelorMittal e a Prefeitura do Município.

As idosas que integram o projeto Digna Idade tiveram uma manhã especial no dia 23 de agosto, quando comemoraram os oito anos do projeto. Na data, elas fizeram uma visita à Horta Educativa e ao Borboletário do Centro de Educação Ambiental da ArcelorMittal Tubarão, no município da Serra, onde tiveram uma programação com café da manhã de boas-vindas, homenagens e almoço.

Dona Aneyd Chagas, de 80 anos, era uma das mais animadas no grupo. Integrante do Digna Idade desde a sua implantação, ela falou dos benefícios do projeto em sua vida. “Estou na cadeira de rodas, mas pela amizade, pela atenção desse projeto, não medi sacrifícios para vir. São oito anos de alegria e de participação que eu tenho aqui. Desde que entrei para o grupo, senti mais atenção, mais animação. Do contrário, estaria em casa cabisbaixa. Hoje sou alegre, sou feliz”, disse.

O projeto Digna Idade foi implantado em Cariacica com o objetivo de resgatar a cidadania e a autoestima de idosos do município, por meio de oficinas de artesanato, dinâmicas de grupo e aulas de ioga. O projeto é uma parceria da ArcelorMittal Cariacica, da Fundação ArcelorMittal e da prefeitura do município.

Durante o encontro, o diretor de Unidade de Negócios da ArcelorMittal Cariacica, Fernando Magalhães, destacou a importância do projeto para a empresa e seus empregados.

“Nosso objetivo é produzir progresso, crescimento e qualidade de vida para a população. E, para isso, olhar o nosso entorno é muito importante. O Digna Idade é particularmente interessante porque foca o idoso, que normalmente não recebe a devida atenção. Ao mesmo tempo, conscientiza nossos empregados quanto ao trabalho voluntário, mostrando que a gente não pode ficar esperando as coisas acontecerem. É preciso ter atitude”, destacou.

Homenagens As idosas e as voluntárias do Digna Idade foram homenageadas na comemoração dos oito anos do projeto e receberam uma caneca personalizada acompanhada de uma foto de todo o grupo. Durante o passeio, lembranças de outros encontros vieram à memória das participantes, que comentavam constantemente em meio a brincadeiras.

Os agradecimentos do grupo foram apresentados pela aposentada Lecy Araújo Fidelix, que fez a leitura de um texto destacando os benefícios do projeto para cada uma delas, como a melhoria da saúde, da qualidade de vida, da sociabilidade e da alegria em seus dias. Já a coordenadora do Digna Idade e analista de Responsabilidade Social e Comunicação Institucional da ArcelorMittal Cariacica, Paloma Moreno, se emocionou ao relembrar a trajetória do grupo em seus oito anos.

“Começamos com 10 idosas e hoje estamos com mais de 40. Mais de 100 já passaram pelo projeto. O retorno dessas participantes foi o que nos motivou como voluntários, porque essas idosas tomaram a decisão de se superar e se renovar. Hoje, os médicos da Unidade de Saúde de Jardim América, onde atuamos, já encaminham suas pacientes para o Digna Idade, devido às melhorias clínicas apresentadas pelas idosas”, relatou Paloma Moreno.

Empresa terá Comitê de Voluntariado A gerente de Recursos Humanos, SGI e Sustentabilidade da ArcelorMittal Cariacica, Paula Harraca, adiantou que um dos objetivos da empresa é implantar um Comitê de Voluntariado, para incentivar outras iniciativas e projetos.

“O projeto Digna Idade é uma evidência de que o voluntariado pode ser muito poderoso. Nosso plano é reforçar os projetos de voluntariado dentro da empresa com a criação de um Comitê de Voluntariado. Nossa intenção é que as pessoas tragam novas ideias, novas iniciativas, aproveitando o bom exemplo do Digna Idade, que é um case de sucesso para nós. Com essa mesma abordagem, queremos atender a outras necessidades que possam existir na comunidade em que atuamos”, disse.

Conheça o Digna Idade O projeto Digna Idade nasceu de uma pesquisa feita no entorno da ArcelorMittal Cariacica, que identificou uma carência de ações para a terceira idade no entorno da empresa. A partir daí, voluntários passaram a ministrar oficinas de artesanato, dinâmicas de grupo e aulas de ioga, para idosos da região. Os encontros acontecem às quintas-feiras, no auditório do Posto de Saúde de Jardim América, em Cariacica.

As participantes tem o apoio de uma equipe multidisciplinar formada por profissionais das áreas de Nutrição, Fonoaudiologia, Serviço Social, Psicologia e Fisioterapia, além do comprometimento dos voluntários, que, em sua maioria, são empregados da ArcelorMittal Cariacica.

Momentos marcantes ·         Prêmio Performance Excellence Award – Em 2010, o projeto Digna Idade foi vencedor do Performance Excellence Award, na categoria Meio Ambiente e Responsabilidade Social. A premiação é um reconhecimento do Grupo ArcelorMittal às melhores iniciativas de suas Unidades de Negócios, e tornou a ArcelorMittal Cariacica uma referência mundial em responsabilidade social.

·         Lançamento do livro de receitas, Sabores da Vida – A publicação, que traz receitas caseiras de idosas participantes do Digna Idade, é entregue para os visitantes da ArcelorMittal Cariacica.

·         Formação do grupo de teatro – Formado por idosas participantes do projeto, o grupo realiza apresentações em datas comemorativas, como: Natal, Páscoa, Dia das Mães, etc.

·         Passeio pelas montanhas capixabas – Quando o Digna Idade fez cinco anos, as participantes comemoraram com um passeio no Trem das Montanhas