Notícias - ArcelorMittal

Publicado 03/07/2020

ES ganha primeiro Centro de Distribuição de Revsol, no Sul do Estado

ES ganha primeiro Centro de Distribuição de Revsol, no Sul do Estado
O coproduto, gerado durante a transformação do ferro-gusa em aço na ArcelorMittal Tubarão, é doado pela empresa para revestimento primário de vias rurais e vicinais contribuindo para mobilidade urbana das regiões.

Um importante convênio foi formalizado na manhã de hoje, dia 03, entre a ArcelorMittal Tubarão, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (SEAG), e a Prefeitura de Alfredo Chaves.

A partir da parceria, foi oficialmente criado o primeiro CDR (Centro de Distribuição de Revsol) da região Sul do Espírito Santo. A solenidade, em formato on-line, teve participação do governador Renato Casagrande, do secretário da SEAG, Paulo Foletto, do CEO Aços Planos América do Sul e Presidente da ArcelorMittal Brasil, Benjamin Baptista Filho, do vice-presidente de Operações da ArcelorMittal Tubarão, Erick Torres, do prefeito de Alfredo Chaves, Fernando Videira Lafayette, além de deputados e prefeitos de outros municípios.

O CDR de Alfredo Chaves terá como objetivo atender aos municípios da região Sul, com a doação de Revsol/Revsol Plus para revestimento primário em vias rurais e vicinais. O projeto-piloto permitirá avaliar a criação de outras CDR’s, inclusive na região Norte do Estado.

Os coprodutos Revsol/Revsol Plus são gerados durante a transformação do ferro-gusa em aço na ArcelorMittal Tubarão e utilizados como revestimento também em acessos e pátios em geral, devido à sua elevada capacidade de suporte de cargas do material.

Desde 2006, a empresa doa os coprodutos para prefeituras capixabas, através do programa Novos Caminhos, cujo objetivo é melhorar as condições de tráfego das vias rurais e vicinais do ES, permitindo, assim, o escoamento da produção rural e o acesso das comunidades a serviços como policiamento, ambulâncias e ônibus escolares, entre outros benefícios.

Considerado um marco para o programa, a formalização do convênio envolveu várias autoridades e lideranças para tratar sobre essa importante parceria entre a ArcelorMittal Tubarão com o Poder Público e a sociedade. Para Benjamin Baptista Filho, a expectativa é ampliar ainda mais a iniciativa: “É uma satisfação participar desse projeto que já dura 14 anos e é motivo de orgulho para nós. Com esse centro, vamos poder atender mais municípios do Sul do Estado”, afirmou.

O secretário Paulo Foletto explicou que se esse primeiro centro apresentar bons resultados, a ideia é instalar outros quatro ou cinco, em localizações estratégicas do Estado. “Sem a ArcelorMittal Tubarão, isso não seria possível”, completou.

Para o governador Renato Casagrande, “esse projeto é importante e vai ajudar muitas comunidades”.

Atualmente, 43 prefeituras capixabas são beneficiadas pelo Novos Caminhos. O volume doado, desde o início do Programa, há 14 anos, passou de 2,25 milhões de toneladas, o equivalente a mais de 870 km de vias recuperadas.

Projeto-piloto

Com a sua formalização, o convênio também possibilitará à ArcelorMittal Tubarão alcançar municípios mais afastados, como localidades a mais de 100 km de distância da empresa, para onde o valor do frete limitava a entrega dos coprodutos.

Instalado numa área de mais de 5 mil m², o CDR de Alfredo Chaves terá capacidade para armazenar até 5.000 toneladas de coprodutos por mês. A proposta é iniciar o piloto com sete municípios da região Sul (Iconha, Piúma, Rio Novo do Sul, Anchieta, Marechal Floriano, Venda Nova do Imigrante e Domingos Martins), que poderão buscar os coprodutos no CDR, a partir de solicitação ao setor responsável na empresa.

Vídeo com informações: www.youtube.com/watch?v=uDJXE7IDpDg&feature=youtu.be


Fonte: Mile4 Assessoria de Comunicação