Notícias - Vale

Publicado 25/11/2018

Investimentos sociais da Vale contribuem para formar empreendedores no Maranhão

Investimentos sociais da Vale contribuem para formar empreendedores no Maranhão

O destaque foram os investimentos sociais voltados a gerar trabalho e renda nas comunidades vizinhas ao porto e à EFC

A Vale apresentou nesta quarta-feira, 21, os resultados do balanço de sua atuação no Maranhão durante o terceiro trimestre de 2018. O destaque foram os investimentos sociais voltados a gerar trabalho e renda nas comunidades vizinhas ao porto e à Estrada de Ferro Carajás. Ao todo foram investidos R$ 1 milhão, entre os meses de julho e setembro, beneficiando até o fim do ano cerca de 1.300 pessoas em 46 comunidades localizadas em 13 municípios maranhenses. Entre os projetos apoiados, destacam-se aqueles voltados à produção de mel, cadeia produtiva ainda pouco explorada no Maranhão. Com o apoio da Vale, produtores de São Luis e Bacabeira já vislumbram a primeira certificação estadual do produto. Hoje, grande parte do mel consumido no Maranhão vem de outros estados.

"Não há receita de bolo quando o assunto é investimento social. Tudo é construído em conjunto, a partir de conversas e em muitos casos envolvendo outros parceiros especializados. Nosso objetivo é que os beneficiados desses projetos seja apoiados para empreender de maneira sustentável, inclusive influenciando a economia da região onde eles atuam. Atuamos de diferentes maneiras, muitas vezes viabilizando a capacitação, acompanhando o desenvolvimento deles e articulando para que um pequeno negócio seja inserido na rede de consumo da região", explica o gerente executivo de Sustentabilidade, João Coral.

Como parte das ações de relacionamento com as comunidades, o balanço apresentado pela Vale destacou também a atuação da Fundação Vale, que além dos projetos de geração de trabalho e renda, contribuiu para a melhoria da saúde, educação e cultura nos territórios onde a Vale atua. Os investimentos de R$ 2,8 milhões aplicados neste trimestre proporcionaram melhorias na área de gestão e educação em saúde voltadas tanto para os profissionais da rede quanto para a população local. Outro benefício dos investimentos foi a aquisição de 500 equipamentos e mobiliários para 12 unidades básicas de saúde.

CCVM e Parque
O relatório também apontou ações relevantes promovidas pelo Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) e pelo Parque Botânico. No que diz respeito ao acesso à cultura, o CCVM recebeu entre os meses de julho e setembro a visita de 30 mil pessoas, que foram conferir dezenas de atrações como oficinas de arte, shows, palestras e exposições. Já o Parque alcançou no mesmo período do ano a marca de 1 milhão de visitantes, no mesmo ano em que celebra seus 10 anos de fundação.

A Vale mantém um contingente de 10.900 empregados próprios e terceiros no Maranhão. A presença da empresa no estado permitiu que, só neste trimestre, 198 empresas maranhenses faturassem R$ 344 milhões. No quesito logística, a Estrada de Ferro Carajás foi responsável pelo transporte de 150 milhões de toneladas de minério  de ferro entre janeiro e setembro. Pelo Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, foram embarcadas 143 milhões de toneladas neste mesmo período. O investimento total da Vale no Maranhão no terceiro trimestre foi de R$ 1,1 bilhão.



Fonte: Assessoria de Imprensa Vale