Notícias - Fibria

Publicado 26/02/2019

Suzano vence Prêmio ECO da Amcham em categoria de Práticas de Sustentabilidade em Processos

Suzano vence Prêmio ECO da Amcham em categoria de Práticas de Sustentabilidade em Processos
Projeto eleito apresenta a mensuração de impactos das operações e dimensiona o valor que a empresa traz para a sociedade

A Suzano recebeu o Prêmio ECO 2018 realizado pela Amcham – Câmara Americana de Comércio para o Brasil, na categoria Práticas de Sustentabilidade em Processos, por seu projeto de mensuração de impactos operacionais. O reconhecimento ao case Capital Natural: Valoração de Externalidades ocorreu em cerimônia realizada na última quinta-feira (21), em São Paulo.

O estudo teve início em 2017 com o objetivo de diagnosticar e quantificar a extensão dos impactos das operações florestais, industriais e de logística da Fibria, empresa que desde janeiro deste ano opera de forma integrada à Suzano. Ele foi realizado em duas etapas, sendo uma de diagnóstico e outra de valoração das externalidades.

A mensuração dessas externalidades expressa o valor que uma empresa oferece às pessoas, além de dimensionar a extensão dos processos na relação com a sociedade, com transparência para os diferentes públicos. A iniciativa proporciona, ainda, a coleta de informações que ajudam a companhia a priorizar investimentos, a fim de ampliar as externalidades positivas e/ou reduzir as negativas.

“Esse é um importante reconhecimento do consistente trabalho que desenvolvemos diariamente em nossas Unidades. A Sustentabilidade é um conceito transversal que permeia todos os processos da Suzano. Receber esse prêmio nos estimula a continuar evoluindo com as práticas adotadas”, afirma Malu Pinto e Paiva, Diretora Executiva de Sustentabilidade da Suzano.

Essa edição do ECO Amcham, que foi criado em 1982, teve como foco a Inclusão e a Diversidade em Sustentabilidade, além de projetos de ecoeficiência e inovação. O prêmio, que já está em sua 36ª edição, é o mais tradicional selo de sustentabilidade empresarial do Brasil e reconhece as principais práticas empresariais e tendências inovadoras desenvolvidas em prol da Sustentabilidade. Nesse período, mais de 363 cases já foram reconhecidos pelas práticas adotadas pelas empresas.

Sobre a Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 11 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem aproximadamente 37 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas


Fonte: P6 Comunicação