Notícias - Vale

Publicado 19/03/2021

Vale inicia operação da planta de filtragem do Complexo Vargem Grande

Vale inicia operação da planta de filtragem do Complexo Vargem Grande
A Vale informa que iniciou, de forma gradual, a operação da planta filtragem de rejeitos do Complexo Vargem Grande, sendo esta a primeira de quatro plantas de filtragem que serão instaladas nas operações da Vale, em Minas Gerais, totalizando US$ 2,3 bilhões de investimentos entre 2020 e 2024. Além de reduzir a necessidade de utilização de barragens, o início da operação permitirá uma melhora da qualidade média do portfólio de produtos da Vale com o uso do processamento a úmido no site.

No processo de filtragem, a água presente nos rejeitos de minério de ferro é reduzida, permitindo que a maior parte do material seja empilhado em estado sólido, reduzindo-se, portanto, a dependência por barragens (clique aqui para assistir vídeo explicativo). Ainda em 2021, espera-se iniciar a operação da primeira planta de filtragem no Complexo de Itabira. Ao longo de 2022, entrarão em operação a segunda planta de filtragem no Complexo Itabira e a primeira do site Brucutu. As quatro plantas de filtragem de rejeito atenderão usinas de beneficiamento que totalizam uma capacidade de processar 64 Mtpa de minério de ferro.

A adição de 4 Mtpa de capacidade, conforme anunciado anteriormente no Relatório de Produção e Vendas, em 3 de fevereiro de 2021, ocorrerá a partir do 3º trimestre de 2021 junto ao start-up da barragem Maravilhas III, que se encontra em fase final de construção e receberá apenas o rejeito ultrafino das usinas, equivalente a aproximadamente 30% do rejeito total gerado desta operação.

O início das operações de filtragem de rejeitos em Vargem Grande é mais um passo na estabilização de produção de minério de ferro e no caminho para o retorno da capacidade produtiva de 400 Mtpa no final de 2022.


Fonte: Assessoria de Imprensa Vale