Notícias - Vale

Publicado 14/03/2019

Vale informa sobre Comitê Independente de Assessoramento Extraordinário de Segurança de Barragens

Vale informa sobre Comitê Independente de Assessoramento Extraordinário de Segurança de Barragens
Engenheiro Pedro Repetto foi integrado ao Comitê

A Vale informa que o Conselho de Administração deliberou a alteração da composição do Comitê Independente de Assessoramento Extraordinário de Segurança de Barragens (“CIAESB”), com o único objetivo de dotá-lo de ainda maior expertise técnica internacional em barragens, promovendo a integração de Pedro Repetto a esse Comitê, em substituição a Alberto Fabrini.

O CIAESB será dedicado a assessorar o Conselho de Administração em questões relacionadas ao diagnóstico das condições de segurança, gestão e mitigação dos riscos relacionados às barragens de minério da Vale, bem como recomendar medidas a serem tomadas para reforçar as condições de segurança das mesmas.

Todas as indicações para esse comitê contaram com a recomendação da Korn Ferry, empresa de consultoria internacional.

Abaixo a composição final do CIAESB:

Flávio Miguez de Mello (membro externo independente – coordenador do comitê) – Engenheiro civil com especialização em hidráulica (1967) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestre em Ciência em Geologia (1975) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Miguez é referência em engenharia de barragens. Fez cursos e treinamentos nos EUA, Canadá e Portugal, foi ou é professor em cursos em diversas universidades desde 1968, publicou mais de cem trabalhos técnicos no Brasil e no exterior e dirigiu empresas de consultoria e instituições técnicas no Brasil e no exterior, entre as quais a Comissão Internacional de Grandes Barragens, o Comitê Brasileiro de Barragens, a Academia Nacional de Engenharia, a Escola de Engenharia da UFRJ, e recebeu vários prêmios acadêmicos e profissionais. Atuou em diversos projetos de barragens no Brasil e no exterior.

Willy Lacerda (membro externo independente) – Possui graduação em Engenharia Civil pela Escola Nacional de Engenharia da Universidade do Brasil (1958), mestrado em Geotechnical Engineering - University of California - Berkeley (1969) e doutorado em Geotechnical Engineering - University of California - Berkeley (1976). Participou da fundação do Instituto de Geotécnica da cidade do Rio de Janeiro, em 1966. Como Professor da COPPE, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, entre 1967 e 2007 orientou mais de 50 dissertações de Mestrado e 18 de Doutorado. Tem mais de 150 artigos publicados em revistas indexadas e Anais de Congressos. Atualmente é professor colaborador da COPPE - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Estabilidade de Taludes, atuando principalmente nos seguintes temas: aterros sobre argila mole, barragens de terra, escorregamentos de terra, estabilidade de taludes, solos colapsiveis, mecânica dos solos e solos tropicais. Foi Presidente (1996-2000) da ABMS (Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica), atualmente é Sócio Emérito e membro permanente do conselho diretor. Foi Presidente do JTC1- Joint Technical Committee on Landslides and Engineered Slopes, das 3 sociedades Internacionais: ISSMGE, ISRM, IAEG no período 2006-2010; atualmente é um dos "core members". Recebeu o título de "Professor Emérito" da UFRJ, em outubro de 2010. Eleito para a ANE - Academia Nacional de Engenharia, em 2012. Título de “Professor Eminente” concedido pela Escola Politécnica da UFRJ em 2015. É coordenador do INCT "Instituto Geotécnico de Reabilitação de Encostas e Planícies - REAGEO" desde 2008.

Pedro Repetto (membro externo independente) – Engenheiro civil-geotécnico licenciado com mais de 50 anos de experiência em mais de 500 projetos em 28 países, incluindo o Brasil. Antes de se tornar consultor independente em 2008, foi diretor e vice-presidente da URS Corporation, em Denver, empresa na qual havia atuado como gerente de linha de negócios de mineração, gerente de escritório e gerente da divisão de engenharia, do grupo civil/geotécnico e do grupo de mineração. Suas áreas de especialização na indústria de mineração incluem instalações de armazenamento de rejeitos, instalações de lixiviação em pilhas, depósitos de estéril, estabilidade de taludes e fundações para estruturas de mineração. Participou do projeto e avaliação de dezenas de instalações de rejeitos, incluindo todos os tipos de tecnologias de deposição de rejeitos, incluindo deposição convencional, rejeitos espessados de alta densidade e empilhamento a seco (dry stacking, rejeitos filtrados). Foi o Professor Principal de Engenharia Geotécnica na Universidade Católica do Peru por mais de 20 anos. Serviu como especialista do Instituto Federal de Geociências e Recursos Naturais da Alemanha para a organização e ensino de cursos de educação continuada sobre resíduos de mineração, incluindo rejeitos. Também serviu como um investigador principal ou um dos principais investigadores para três projetos de pesquisa de engenharia de terremotos patrocinados pela National Science Foundation.


Fonte: Assessoria de Comunicação Vale