Notícias - Samarco

Publicado 11/03/2011

Samarco incentiva projeto educacional

Samarco incentiva projeto educacional

A iniciativa beneficia alunos, pais, professores e escolas de Guarapari, promovendo a mobilização das instituições de ensino

A Samarco e a Fundação Otacílio Coser assinaram um convênio para estender e dar continuidade ao Programa de Educação Voluntária (PEV). O programa envolve as famílias de alunos na rotina do processo educativo, com o objetivo de contribuir para melhorar a relação desses públicos com as escolas, além de promover uma gestão democrática das instituições de ensino. O evento fez parte do Encontro de Gestores Educacionais, que contou com a participação de Jacinta Meriguete Costa, secretária municipal de Educação, Rachel Coser, representante do Conselho Curador da Fundação Otacílio Coser, e Fernando Künsch, gerente geral de Comunicação e Relações Institucionais da Samarco, além de diretores de escolas do município, entre outras autoridades. O Programa de Educação Voluntária busca a interatividade entre professores, pais, alunos, funcionários e voluntários para a promoção da melhoria do ensino e das relações de todos esses públicos com a escola. Tudo isso facilitado pela existência do Kit Autodidáticode Disseminação em Escala, elaborado para contribuir na expansão do programa e no compartilhamento das experiências. Desde 2006, o PEV é desenvolvido em escolas da rede pública de ensino do estado de São Paulo. Em 2008, passou aser replicado em instituições públicas de ensino do estado do Espírito Santo, contando com o apoio da Samarco. Em todos esses anos de atividade, o programa já atendeu mais de 6.500 adolescentes, jovens, familiares e professores

Licença para P4P da Samarco sai em abril

A Conclusão das análises das 21 condicionantes estabelecidas ,pelo Instituto Estadual do Meio Ambiente (Iema) para serem cumpridas pela Samarco como contrapartida para a emissão da Licença de Instalação (LI) da quarta usina de pelotização em Ubu, em Anchieta, deverá ser feita até o final de abril. De acordo com o Iema, além de concluir a análise dentro desse prazo, a expectativa é determinar as novas condicionantes para acompanhar os impactos da implantação do preenchimento. A Samarco obteve a Licença Prévia (LP) em dezembro do ano passado, após deliberação número 17/2010 do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema). Para conceder a LP foram definidas 21 condicionantes, entre as quais a realização de um monitoramento socioeconômico com o intuito de fornecer subsídios para o enfrentamento de impactos na infraestrutura pública da região. Outra condicionante determina que o empreendedor aprimore o monitoramento da qualidade do ar, incluindo a medição de poluentes atmosféricos, além daqueles já exigidos por Lei.

Foto: Fernando Künsch, gerente geral de Comunicação e Relações Institucionais e Jacinta Meriguete, secretária de Educação de Guarapari, assinaram o Convênio