Notícias - Samarco

Publicado 24/02/2013

Samarco busca melhoria da saúde dos empregados com o foco na qualidade de vida

Samarco busca melhoria da saúde dos empregados com o foco na qualidade de vida

Programa de Acompanhamento para a Prática de Atividade Física incentiva, orienta e acompanha empregados

A prática de atividades físicas é, cada vez mais, uma aliada da Samarco no processo de valorização da vida, ajudando a aumentar a produtividade e a saúde dos seus empregados em suas unidades industriais de Ubu, em Anchieta (ES), e de Germano, em Mariana (MG). Por meio do Programa de Acompanhamento para a Prática de Atividade Física, que integra o processo de Qualidade de Vida da Gerência de Saúde Ocupacional, a empresa incentiva e acompanha empregados que precisam -- ou que apenas querem -- praticar esportes.

Iniciado em outubro de 2012, o Programa prevê a participação de forma voluntária, ou a partir de indicação da Gerência de Saúde Ocupacional, quando se constata a necessidade de mudança de hábitos do trabalhador.

No programa, os empregados recebem orientação sobre qual o melhor tipo de atividade física para o seu perfil e necessidade e podem escolher que esporte irão praticar. É feito um teste de condicionamento físico e, depois, o acompanhamento, a fim de garantir o melhor desempenho.

“O empregado fica mais capacitado e alerta para trabalhar. Isso ajuda para mantê-lo saudável. Consequentemente, melhora a produtividade e o deixa mais alerta, contribuindo para a segurança e melhorando a qualidade de vida”, explica o coordenador de Saúde Ocupacional da Samarco, Dr. Roberto Cabanas.

Desafio

Os benefícios do Programa de Acompanhamento para a Prática de Atividade Física, da Samarco, são sentidos não só no ambiente de trabalho e na vida pessoal dos participantes, mas também em competições como o Desafio Vitória-Anchieta, realizado no último dia 02 de fevereiro. Um grupo de dez representantes da empresa participou da corrida de revezamento, com extensão de 117 quilômetros, e venceu em duas categorias – Octeto e Octeto Masculino --, obtendo o sétimo lugar na classificação geral, entre as 78 equipes que largaram.

Iniciada às 6h45, no Santuário do Padre José de Anchieta, em Anchieta (ES), a prova terminou às 17h05, em Vitória. A velocidade média, nas 10h20 de prova, foi de 11,32 km/h.

O percurso pelo litoral sul do Espírito Santo incluiu praias, trilhas, falésias, vias, estradas e rodovias, percorrendo os municípios de Anchieta, Guarapari e Vila Velha, até chegar a Vitória. Enquanto oito atletas da Samarco se revezavam na corrida, outros dois faziam o percurso de bicicleta, passando informações para a equipe que seguia no veículo de suporte da empresa.

Os atletas que representaram a Samarco foram o engenheiro de Projetos Eduardo Baldessin, o chefe de Departamento de Automação, Bruno Luciano Fardin, o gerente-geral de Planejamento Estratégico e Gestão, Jonas Andrey, o gerente-geral de Engenharia e Implementação de Projetos, José Luiz Santiago, o marinheiro de Convés e triatleta Ivanil Mattos, o engenheiro especialista Diego Nunes, o técnico de Controle de Produção Temistocles Veridiano, o engenheiro Especialista Adriano Smarzaro, além do analista Comercial Frederico Kato e o analista Financeiro Alessandro Dias, que deram apoio ciclístico aos atletas.