Notícias - Samarco

Publicado 11/08/2020

Plataforma gratuita de educação financeira leva orientações para organização de finanças

Plataforma gratuita de educação financeira leva orientações para organização de finanças
Conteúdo direcionado ao orçamento familiar já está disponível para ser acessado por meio de aplicativo e site

Organizar a vida financeira familiar é fundamental para gerir o orçamento doméstico, traçar metas, evitar dívidas indesejadas e estar preparado para lidar com as emergências e crises econômicas.

Para auxiliar as famílias impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), a conquistar uma vida financeira saudável e estimular o empreendedorismo, a Fundação Renova e a Menver, empresa de gestão de negócios, lançaram o site e o aplicativo Menver Educação Financeira.

As plataformas oferecem conteúdos educativos com aulas e dicas para as famílias lidarem melhor com o dinheiro, por meio de organização das finanças, controle dos gastos, formas de investimentos e mudanças de hábitos. O acesso é gratuito e exclusivo para as famílias com cadastro na Fundação Renova. O aplicativo está disponível na loja de aplicativos de celular com sistema Android ou pelo site www.menvereduca.com.

“Esta é mais uma ferramenta importante para apoiar as famílias, juntamente com uma série de cursos, cartilhas e seminários já disponibilizados”, diz Roberto Ruggeri, analista de Economia e Inovação da Fundação Renova.

As famílias devem fazer um cadastro para ter acesso a todos os conteúdos. A cada semana serão inseridos dois novos vídeos. Os dois primeiros já disponíveis têm como temas “Introdução à educação financeira” e “Como se manter nesse momento de crise”. Dentro da plataforma, também há um canal para esclarecimento de dúvidas.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.


Fonte: Fundação Renova