Notícias - Samarco

Publicado 16/06/2020

Comerciantes do ES recebem capacitações para o fortalecimento dos negócios

Comerciantes do ES recebem capacitações para o fortalecimento dos negócios
Ações foram criadas para empreendedores de Patrimônio da Lagoa, Regência e Povoação; mapeamento começa em Barra do Riacho

Comerciantes das vilas de Regência e Povoação, em Linhares (ES), e da comunidade de Patrimônio da Lagoa, em Sooretama (ES), começaram a receber orientações e capacitações on-line voltadas para o fortalecimento dos negócios e fomento à economia local.

A iniciativa, promovida pelo Programa de Economia e Inovação da Fundação Renova para os municípios impactados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), visa a minimizar os reflexos da pandemia do coronavírus nos negócios, por meio da implementação de um plano de ação e de acompanhamento remoto dos participantes.

Esse levantamento, realizado a partir de uma pesquisa on-line com os empreendedores locais, permitiu traçar um diagnóstico da atual situação dos comerciantes e elencar os principais desafios enfrentados por eles neste momento de pandemia, tais como as dificuldades relativas à produção e comercialização de produtos e o pagamento de despesas pessoais e dos negócios. 

“Constatamos que uma grande parte dos empreendedores buscam soluções para atenderem aos clientes nesse período de pandemia”, diz Kadio Serge Aristide, analista do Programa de Economia e Inovação da Fundação Renova.

Os resultados obtidos na pesquisa serviram de base para a elaboração de um plano de ações, com foco em três eixos: venda de produtos, atendimento ao cliente e controle de fluxo de caixa. 

As capacitações e atendimentos on-line serão voltadas para a implementação de vendas pela internet, precificação dos produtos, qualidade no atendimento ao cliente, utilização de plataformas digitais para divulgação dos produtos, gestão financeira do negócio e finanças pessoais. 

Os atendimentos se iniciaram com 70 comerciantes que demonstraram o interesse em participar das ações. “O plano visa ao incentivo ao desenvolvimento do negócio, o fomento à economia e a geração de emprego e renda com a criação de oportunidades de melhorias identificadas em meio à crise”, diz o analista da Fundação Renova.

A avaliação dos resultados das ações será realizada mensalmente, sempre de forma remota, para permitir o ajuste da metodologia, em caso de necessidade. Além disso, a intenção do programa é expandir essa iniciativa para outras comunidades impactadas no Espírito Santo.

Pesquisa em Aracruz

Empreendedores de Barra do Riacho, em Aracruz (ES), estão participando da pesquisa on-line que vai mapear as atividades do comércio na localidade neste momento de pandemia. 

Participam do levantamento comerciantes formais e informais, microempreendedores individuais e artesãos. O questionário da pesquisa está disponível para preenchimento dos interessados até 19 de junho e pode ser acessado clicando aqui.

Após a coleta das informações, a Fundação Renova vai trabalhar na criação de um plano de atendimento aos empreendedores, em que serão apresentadas ações que possam melhorar e facilitar a realização da prestação de serviços neste período de crise. 

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.


Fonte: Fundação Renova