Notícias - Gerais

Publicado 20/11/2014

Vitória recebe seletiva nacional do Torneio de Robótica FIRST LEGO League

Vitória recebe seletiva nacional do Torneio de Robótica FIRST LEGO League

A partir desse mês começam as etapas regionais da competição. Os melhores times dessa fase garantem vaga na disputa nacional, em Brasília. O desafio para os alunos é descobrir novas formas de aprender.

O município de Vitória recebe uma das etapas classificatórias do Torneio de Robótica FIRST LEGO League entre os próximos dias 21 e 22 de novembro, de 9h às 17h, no Sesi de Jardim da Penha. Equipes de todo o Brasil se inscreveram para seletivas que acontecem em nove Estados entre os meses de novembro e fevereiro, podendo participar escolas públicas e particulares. As melhores garantirão vaga na etapa nacional, que será realizada de 13 a15 de março de 2015, em Brasília. Nessa edição, os grupos precisam buscar novas formas de aprendizagem. O tema do Torneio é “WORLD CLASS”, no qual as equipes redefinirão os modos de como o conhecimento e as habilidades para o Século 21 são adquiridos. O Sesi é o operador oficial da competição no Brasil, e no Espírito Santo participam 27 equipes de vários Estados. O evento é aberto ao público em geral, entrada franca.

O Torneio de Robótica FLL é muito mais que uma simples competição. A iniciativa faz parte de um processo de aprendizagem em que alunos e professores aprendem juntos conteúdos de física, química, biologia, matemática e tecnologia. De maneira criativa, os competidores buscam soluções inovadoras para problemas reais: planejam, projetam, constroem e programam robôs. A proposta é despertar o interesse de crianças e adolescentes para as carreiras de engenharia e tecnologia.

As equipes serão avaliadas nas seguintes provas:

• ??Design de robô: as equipes apresentam o desenho mecânico, a estratégia adotada e a programação desenvolvida.

• ??Projeto de pesquisa: um problema do mundo real é pesquisado, conforme o tema do desafio. Soluções inovadoras são criadas, experimentadas e compartilhadas com os outros.

• ??Core values: os valores são centrais para a FLL. Os alunos aprendem que competição amigável e ganho mútuo não são objetivos distintos e que ajudar um ao outro é fundamental para o trabalho em equipe. Essa é a única categoria eliminatória.

• Desafio do robô: são três partidas de 2 minutos e 30 segundos para executar missões na mesa de competição com robôs autônomos.

Projetos inovadores na etapa capixaba A etapa que será realizada neste final de semana no Sesi de Jardim da Penha contará com 27 equipes disputando vagas para a grande final em Brasília, todas elas apresentado projetos com foco em inovação para solucionar desafios contemporâneos. Um dos destaques vem da equipe Imagine Lego, de Vila Velha (ES), que disputará uma vaga com um projeto inclusivo voltado para pessoas com autismo e Síndrome de Irlen (dislexia em leitura), propondo a utilização de musicoterapia e gibis como forma a melhorar a absorção de conteúdos no dia a dia, baseado em pesquisas científicas comprovadas. Já a equipe ApoioBot, de Recife (PE), criou o projeto APPrender, que consiste num sistema integrado entre aplicativo, robô e um jogo para fins de ensino em qualquer modalidade, com custo baixo e gerenciado por professores, e totalmente integrado com alunos de maneira remota por meio de redes sociais e demais ferramentas digitais.

Também com um projeto inclusivo, a equipe Sanadroid, de Macaé (RJ), desenvolveu um projeto em 6D em formato de uma casa de vidro para ser a escola ideal de alunos com deficiência auditiva, composta de sinais luminosos, conexão total dentro e fora por meio de ferramentas digitais, e interação 100% eficiente com professores e alunos não-surdos. Das montanhas capixabas vem a equipe Velozmente, de escola pública do município de Venda Nova do Imigrante, com seu robô que realiza uma viagem virtual pelo Sistema Solar propondo a resolução de cálculos matemáticos e, desta maneira, envolvendo mais os alunos em disciplinas como Física e Matemática. Também de uma escola pública, a equipe Start, de Vila Velha (ES), propõe soluções interativas para melhorar a leitura e gramática de alunos do 3º ano do ensino básico. A equipe Preguiça A Jato, do município da Serra, por sua vez, propõe justamente a volta ao básico para os jovens aprenderem na escola sem as ferramentas digitais, pois poderiam estar se tornando mais “preguiçosas” (daí o nome da equipe), ao mesmo tempo em que desenvolveu metodologias que envolvam os mais idosos nas mesmas ferramentas digitais. O “Game Educação”, desenvolvido pela equipe Avalon, de Cachoeiro de Itapemirim, também se destaca com a criação de um jogo (game) que testa o conhecimento do aluno e o prepara para as provas do ENEM. Esses são alguns dos 27 projetos e suas respectivas equipes que estarão propondo soluções gerais para situações de nosso cotidiano. Tudo isso envolto em um clima de muita festa, música e diversão, sempre enfatizando o companheirismo, a interação e o espírito de equipe, que são os pilares do Torneio de Robótica FIRST LEGO League em todo o mundo. Vale destacar que os jovens participantes do Torneio são observados por “olheiros” do mercado, sempre atento aos futuros gênios empreendedores. Ou seja: além de todo o aprendizado e interação, esses jovens estudantes de escolas públicas e particulares podem vislumbrar um futuro de sucesso.

O Torneio

A competição é uma iniciativa do grupo Lego, da Dinamarca, e da organização americana FIRST (For Inspiration and Recognition of Science and Technology) realizado em mais de 80 países, com mais de 230 mil crianças por ano. Criada em 1998, a disputa propõe que estudantes sejam apresentados ao mundo da ciência e da tecnologia de forma divertida, por meio da construção de robôs feitos inteiramente com peças de encaixe. Em 2013, o Serviço Social da Indústria (SESI) foi convidado para ser o operador oficial do evento no Brasil.

Serviço: Seletiva Nacional do Torneio de Robótica FIRST LEGO League Data: 21 e 22 de novembro Horário: de 9h às 17h (nos dois dias) Local: Sesi de Jardim da Penha – Rua Tupinambás, 242, Jardim da Penha, Vitória-ES Evento aberto ao público em geral - Entrada franca Realização: Lego e Sesi

Fonte: Assessoria de Imprensa do SESI Cultura-ES