Notícias - Gerais

Publicado 24/11/2017

Investidor chinês de olho no Porto Central

Investidor chinês de olho no Porto Central

A petroleira chinesa CNOOC Petroleum, que irá assinar em janeiro o contrato para exploração de um bloco na Bacia do Espírito Santo, está de olho numa parceria com o Porto Central. O interesse foi manifestado ontem durante uma reunião entre executivos da estatal chinesa e do governo do Estado.

Segundo o secretário estadual de Desenvolvimento, José Eduardo de Azevedo, as conversas entre a petroleira e a empresa já se iniciaram, mas ainda são preliminares. A intenção, segundo ele, é de uma parceria para exportação pelo novo terminal, em Presidente Kennedy, quando a CNOOC iniciar a produção de petróleo.

“Eles iniciam em 2018 a primeira etapa, que é a exploração, ou seja, de estudos técnicos e ambientais, para efetivamente começar aprodução,que é a segunda etapa e só deve ter início daqui sete anos, aproximadamente. A conversa é visando esse cenário lá na frente”.

Considerada uma das maiores petroleiras do mundo, a CNOOC já atua no Brasil, em um bloco partilhado com a Petrobras. O bloco no Sul do Espírito Santo foi arrematado pela empresa em setembro na 14ª Rodada de Leilões realizada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) por R$ 23,5 milhões.



Fonte: A Gazeta