Notícias - Gerais

Publicado 15/07/2020

Instituto EDP lança 5º edição do Projeto Educação Empreendedora, que beneficiará 2.500 estudantes

Instituto EDP lança 5º edição do Projeto Educação Empreendedora, que beneficiará 2.500 estudantes
Iniciativa ajudará escolas da rede pública do Espírito Santo a lidar com os efeitos da pandemia sobre ensino

O abismo social que existe no Brasil ficou mais evidente com a pandemia da Covid-19, que levou milhares de escolas públicas a interromper suas aulas presenciais por tempo indeterminado. Pelo 5º ano seguido, o Instituto EDP realiza o projeto Educação Empreendedora que entrega ferramentas online para as escolas e professores inovarem seus métodos de ensino e garantirem um aprendizado mais engajado e significativo aos seus alunos, focado no desenvolvimento de competências socioemocionais, além de aprendizagens técnicas. O projeto tem apoio da Secretaria Estadual de Educação.

Em 2020, o projeto vai beneficiar 2.500 jovens, do ensino fundamental e técnico, de 40 escolas do Espírito Santo. O programa teve início nos dias 7 e 8 de julho, com formação remota e aplicação da ferramenta para mais de 120 professores de 36 Escolas Municipais de Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação de Cariacica.

Os professores passam a trabalhar com os estudantes os conteúdos propostos. Para isso, as escolas utilizam a DreamShaper, uma plataforma educacional online que auxilia os estudantes no desenvolvimento de projetos voltados ao que estão aprendendo nas aulas. As metodologias e conteúdos serão repassados até Dezembro através da ferramenta que pode ser acessada por celular, online e offline.

A base do programa está dividida em duas metodologias: Projetos de Vida e Projetos de Empreendedorismo e Cidadania, conectando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas). Todas as metodologias visam incentivar nos alunos uma atitude empreendedora e de desenvolvimento de raciocínio científico.

Por meio da ferramenta, os professores acompanham cada passo dos alunos. Eles recebem acesso simples a todos os projetos da sua turma e ferramentas úteis para facilitar seu trabalho.

Com início em 2016, a EDP proporcionou que o programa chegasse a 120 escolas, mais de 500 professores e 15.000 alunos, gerando mais de 4.000 projetos desenvolvidos pelos alunos. Em 2020, a pandemia do Coronavírus fez com que o projeto fosse totalmente adaptado para conteúdo remoto e aumentou sua importância diante da ausência de aulas na rede pública.

"Temos um ano totalmente atípico com prejuízos para nossa sociedade em diversas frentes, dentre elas o ensino. Diante delas, o programa Educação Empreendedora acaba tendo um papel de maior necessidade por envolver jovens e adolescentes e ajudá-los a desenvolver competências para o mercado de trabalho em um momento no qual a educação formal está interrompida", destaca Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP.

Sobre o IEDP
Desde que foi fundado em 2009, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de três milhões de pessoas, em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2019, iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 82 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.


Fonte: Assessoria de Imprensa EDP-BR