Notícias - Gerais

Publicado 09/06/2020

Incubadoras da Secti lançam editais de seleção na segunda-feira (08)

Incubadoras da Secti lançam editais de seleção na segunda-feira (08)
Os editais somam 12 vagas, sendo quatro para incubação e oito para pré-incubação

A Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) lança, nesta segunda-feira (08), dois editais de seleção para programas gratuitos de incubação de empresas. As capacitações e assessorias dos programas, que costumavam ser presenciais, serão remotas devido à pandemia do novo Coranavírus (Covid-19).

A Insight Incubadora, do CEET Vasco Coutinho, em Vila Velha, abre oito vagas para o programa de pré-incubação de ideias e pequenas empresas e a Prosperas Incubadora, do CEET Talmo Luiz Silva, em João Neiva, abre quatro vagas para o programa de incubação de empresas. As inscrições podem ser feitas no site www.secti.es.gov.br e vão de segunda-feira (08) até o dia 19 de junho. Os editais de seleção também podem ser acessados no mesmo site. 

Para a secretária de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel, as incubadoras são uma forma de o Governo do Estado investir no empreendedorismo capixaba: “Temos que incentivar a economia e principalmente dar oportunidades para quem deseja ser um empreendedor. Esse é o direcionamento do nosso planejamento quanto Governo do Estado. Os programas oferecem informações e treinamentos para que seu projeto ou empresa siga adiante”, destacou.

As Incubadoras fornecem orientação e capacitação gratuita para o empreendedor que está em busca de financiamentos e acesso à consultoria e assessoria, seja intelectual, administrativa ou jurídica. Os encontros serão a distância para respeitar o isolamento social estabelecido como medida de prevenção ao novo Coronavírus. 

Edital de pré-incubação da Insight Incubadora

O público-alvo são pessoas jurídicas – com até 15 meses de existência –, ou físicas que desejam tornar seus projetos de pesquisa de base científica e tecnológica aptos a serem inseridos no mercado e apresentar propostas para desenvolver seu potencial empreendedor.

As capacitações oferecidas no curso de pré-incubação têm como foco principal os empreendedores que possuem ideias inovadoras com demanda no mercado, cujo resultado desejado seja potencializar as chances de sucesso nos negócios e sua inserção no mundo do trabalho.

É desejável que as propostas estejam de acordo com uma ou mais áreas de atuação da Insight Incubadora conforme listado abaixo:

·         Economia Criativa;

·         Tecnologias Químicas;

·         Tecnologias Biotecnológicas;

·         Tecnologias Educacionais;

·         Tecnologias de Informação e Comunicação;

·         Tecnologias de sustentabilidade;

·         Informática;

·         Social;

·         Cultural;

·         Diversos (mas que sejam de interesse das Instituições organizadoras).

Clique aqui e acesse o edital para saber mais.

Edital de incubação da Prosperas Incubadora

O objetivo da Incubação de Empreendimentos é o desenvolvimento de competências empresariais por meio do aporte de gestão e de tecnologia. O programa de incubação oferece apoio na gestão para o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos processos de negócio; tecnológico para o desenvolvimento dos produtos e processos inovadores; na promoção da rede de relacionamento com instituições científicas, tecnológicas e entidades empresariais para a formação de parcerias estratégicas; entre outros.

Poderão submeter propostas os empreendimentos que:

·         Possuírem a modelagem da ideia, produtos, protótipos operacionais, processos ou serviços com potencial de propriedade intelectual e apresentem o Projeto de Negócio no qual demonstre a viabilidade e o caráter inovador do projeto;

·         Possuírem regularidade jurídica, fiscal e trabalhista para pessoas jurídicas;

·         Possuírem regularidade fiscal e comprovação da idoneidade para pessoas físicas.

Os empreendimentos devem apresentar adesão a uma ou mais áreas de atuação da Prosperas, que atualmente são:

·         Administração;

·         Automação;

·         Segurança do Trabalho;

·         Mecânica;

·         Economia Criativa;

·         Tecnologias Educacionais;

·         Tecnologias de Informação e Comunicação;

·         Tecnologias de sustentabilidade;

·         Informática;

·         Social;

·         Cultural;

·         Práticas desportivas;

·         Cooperativismo;

·         Agronegócio;

·         Diversos (mas que sejam de interesse da Instituição organizadora).

Clique aqui e acesse o edital para saber mais.


Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa ASCOM/SECTI