Notícias - Gerais

Publicado 08/12/2017

Hospital Meridional inaugura painel que conta números de transplantes em tempo real

Hospital Meridional inaugura painel que conta números de transplantes em tempo real
Devido ao elevado número de transplantes de coração que o Hospital Meridional realizou em 2017, proporcionalmente ao número de habitantes, o ES ficou em 5º lugar no ranking nacional
 
A demanda de transplantes é um assunto recorrente no país e que sempre precisa de muita atenção para incentivar doadores e, consequentemente, diminuir as filas de espera. Pensando em chamar a atenção para esse quadro, o Hospital Meridional, em Cariacica, inaugurou um “Transplantômetro”, que mostra, em tempo real, a quantidade de transplantes que o hospital realiza por dia e quantas pessoas a menos ele tem na fila.

O painel do “Transplantômetro” ficará fixado no site da instituição (www.hospitalmeridional.com.br), no Instagram e no Facebook. O Meridional, atualmente, é o maior centro transplantador de órgãos sólidos do Espírito Santo. A expressividade dos números conquistados, associada aos excelentes resultados nas cirurgias, demonstra a importância desse processo assistencial para o hospital.

Devido ao elevado número de transplantes de coração que o Hospital Meridional realizou em 2017 (foram nove com sobrevida de 100%), proporcionalmente ao número de habitantes, o ES ficou em 5º lugar no ranking nacional, à frente de Estados como São Paulo, conforme demonstram os dados da publicação da ABTO (Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos). http://www.abto.org.br/abtov03/Upload/file/RBT/2017/rbttrim3-leitura.pdf.

O relevante número de transplantes possibilitou ao Meridional ser o único hospital particular convidado a integrar o seleto grupo de instituições participantes do programa de Tutoria de Transplante de Coração, promovido pelo Ministério da Saúde e realizado em Fortaleza - CE.

O médico integrante da equipe de Transplantes de coração do Hospital Meridional, Heber Melo Silva, conta que o diferencial do hospital é conseguir oferecer assistência de qualidade particular a pacientes do SUS - Sistema Único de Saúde - no pré, intra e pós-operatório. “Nos preocupamos em oferecer toda a estrutura, com a melhor equipe, tanto aos pacientes particulares, quanto aos que vêm do SUS. Esse painel foi criado para valorizar a experiência das equipes multiprofissionais do Meridional com a realização das cirurgias e estimular os pacientes a doarem e demonstrarem esse desejo aos seus familiares. Essa conscientização diária é de extrema importância para que as filas diminuam no Estado e no país”, afirma o cirurgião.


Fonte: Mile4 Assessoria de Comunicação