Notícias - Gerais

Publicado 20/09/2021

Gerdau vence em três categorias na trigésima edição do Prêmio Anamaco, um dos principais da construção civil

Gerdau vence em três categorias na trigésima edição do Prêmio Anamaco, um dos principais da construção civil
Lojistas do setor elegeram a empresa a melhor fornecedora em Malhas ou Telas de Aço para Concreto, Pregos e Vergalhões de Aço; Marcos Faraco, vice-presidente da Gerdau, foi homenageado como Personalidade do Ano

A Gerdau, maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo, ganhou três troféus Master, nas categorias Malhas ou Telas de Aço para Concreto, Pregos e Vergalhões de Aço, na trigésima edição do Prêmio Anamaco, realizado pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção. A premiação tem como base pesquisa realizada entre mais de 1600 varejistas da construção civil em todo o País e reconhece, desde 1991, os melhores fabricantes do setor.

Além de ter se destacado em todos os segmentos em que concorreu, a Gerdau marca presença ainda na categoria Personalidade do Ano. A homenagem de 2021 foi concedida a Marcos Faraco, vice-presidente da Gerdau, por seu trabalho na empresa ao longo de mais de 18 anos. Mauro de Paula, diretor executivo da Comercial Gerdau, esteve na cerimônia e recebeu o prêmio em nome do executivo, que não pôde comparecer. Trata-se de mais uma conquista da Gerdau no Prêmio Anamaco, do qual a empresa participa há diversas edições.

"O Prêmio ANAMACO é hoje uma referência de qualidade e reconhecimento e, para nós da Gerdau, é sempre uma honra sermos homenageados pelo setor do varejo de materiais de construção, segmento fundamental para a nossa economia e que foi um dos pilares para a Gerdau chegar aos seus 120 anos de história. Agradeço imensamente à Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção pela homenagem de Personalidade da Indústria em 2021, concedida a mim, nos 30 anos do Prêmio ANAMACO e nos 120 anos da Gerdau, o que torna esse reconhecimento ainda mais especial", afirma Marcos Faraco.

"Sem dúvida é uma honra, para qualquer executivo, receber esse prêmio no ano em que a Gerdau comemora 120 anos. Somos a maior empresa brasileira produtora de aço e um dos segredos para nos mantermos relevantes ao longo do tempo é ter o cliente no centro das nossas decisões. Também é com muita satisfação que recebemos, mais uma vez, o troféu Master em três categorias. O foco do cliente está no nosso DNA, e ficamos felizes em receber esse reconhecimento do setor, especialmente após um ano tão desafiador como 2020. Queremos, cada vez mais, agregar valor a nossos produtos e serviços, oferecendo soluções inovadoras para mais produtividade, segurança e sustentabilidade na construção civil", discursou Mauro de Paula durante a premiação.

A entrega dos prêmios ocorreu na noite desta quarta-feira (15/9) em cerimônia híbrida realizada na SP EXPO, em São Paulo e transmitida via Youtube da Anamaco.

Sobre a Gerdau, uma empresa de 120 anos
A Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Em janeiro deste ano, completou 120 anos de uma história de solidez, contribuição para o desenvolvimento e legado para uma sociedade em evolução constante. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 10 países e conta com mais de 30 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 73% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, são 11 milhões de toneladas de sucata que são transformadas em diversos produtos de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).

Nossa história
Da fábrica familiar de pregos em Porto Alegre (RS) a uma gigante da cadeia do aço internacional, a trajetória da Gerdau começa a partir da compra da Cia Fábrica de Pregos Pontas de Paris por João Gerdau, em 1901. O imigrante alemão marcou seu pioneirismo empreendedor, que se tornou a chama que se mantém acesa até hoje, 120 anos após sua fundação. Na última década, a Gerdau segue fazendo história por meio de uma transformação cultural e digital baseada no compromisso de moldar um futuro cada vez mais sustentável.


Fonte: BCW Global