Notícias - Gerais

Publicado 24/11/2017

Empreendedores capixabas apostam na Economia Criativa para alavancar seus negócios

Empreendedores capixabas apostam na Economia Criativa para alavancar seus negócios
Que o capixaba é um povo criativo ninguém tem dúvida, mas nos últimos anos esta criatividade passou também a ser direcionada para a abertura e ampliação de novos negócios por meio da chamada Economia Criativa. Este segmento econômico compreende um conjunto de atividades que engloba a infraestrutura necessária e o processo de criação, produção, comercialização, distribuição e consumo de produtos e serviços, que usam o conhecimento, a criatividade e o capital intelectual como principais recursos produtivos. São profissionais que atuam com eventos, fotografia, artesanato, produção de audiovisual e criação de softwares por exemplos.
 
E estes profissionais criativos movimentaram a economia do Espírito Santo que de janeiro a setembro de 2017, foram protagonistas de R$ 16,6 milhões investidos no segmento com recursos provenientes do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes). Comparativamente, o valor é 90% superior do ano de 2016.
 
Para o diretor-presidente do Bandes, Aroldo Natal, o papel do banco, como instrumento de desenvolvimento capixaba é apoiar investimentos que acelerem o dinamismo da economia “Buscamos fomentar projetos de caráter diferenciado que promovam o fortalecimento da cadeia produtiva da economia criativa no Espírito Santo. Nós estamos incentivando empresários e empreendedores de todos os tipos e de todos os portes”, enfatiza Natal.
 
O Programa do Bandes de Economia Criativa apoia todo o ambiente de negócios que existe em torno dessa indústria: audiovisual, moda, design, artesanato, gastronomia, artes diversas e webdesign. É uma área que merece estímulos especiais de uma instituição de fomento, visto que muitas das atividades relacionadas estão inseridas em cadeias produtivas. Por isso, o banco possui linhas de financiamento que possibilitam ao empreendedor transformar ideias criativas em bons negócios.
 
Empreendedora investe em segmento de festas na Serra
A expansão imobiliária que o município da Serra percebeu nos últimos anos fez surgir bairros residenciais planejados e com população havida por bons serviços próximos a sua morada. Quem percebeu uma boa oportunidade no segmento de festas foi a empreendedora Mônica Ferrari que inaugurou um cerimonial no bairro Morada de Laranjeiras.
 
Mônica já tinha experiência com o segmento de festas e entretenimento, atuando com decoração. Com o conhecimento da atividade resolveu expandir seus horizontes e montou um cerimonial que oferece não apenas o espaço físico, como também decoração e serviço de bufê. 
 
“Estamos em um bairro novo, que esta começando. Como já possuía um terreno, vi a oportunidade de crescimento do segmento de serviço de festas. Estudei o mercado, fiz um plano de negócios e procurei o Bandes. Consegui finalizar a obra do cerimonial, adquirir maquinário para equipar a cozinha e mesas para o salão. É um espaço amplo, onde consigo customizar conforme a necessidade do evento. Já realizamos palestras, festas de aniversário, formaturas e festas temáticas”, enumera.
A empreendedora informa que a maioria das confraternizações que atende são festas menores, que tem em média de 100 pessoas. “Como é um espaço que pode ser adaptado por ser amplo e arejado, conseguimos montar no formato adequado a necessidade do cliente. O cerimonial funciona com capacidade de até 200 pessoas” explica Mônica.
 
Informações sobre consultores e linhas de financiamento:
Bandes Atende: 0800 283 4202
Av. Princesa Isabel, 54, Centro, Vitória
App disponível para Android e IOS
www.facebook.com/bandesonline
www.bandes.com.br


Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Bandes