Notícias - Fibria

Publicado 14/02/2020

Suzano seleciona 87 trabalhadores para nova unidade em Cachoeiro de Itapemirim

Suzano seleciona 87 trabalhadores para nova unidade em Cachoeiro de Itapemirim

A unidade vai produzir papel higiênico e será instalada na localidade de Safra

 A Suzano está selecionando trabalhadores para compor a equipe que vai operar a unidade de conversão de papel que a empresa vai instalar este ano no município de Cachoeiro de Itapemirim. Estão abertas 87 vagas para profissionais de nível superior, técnico e médio. Os profissionais de nível técnico somam 45 vagas e passarão por treinamento na unidade do Serviço Nacional da Indústria (Senai) do município.
 
As inscrições para as vagas de nível técnico podem ser feitas no período de 19 a 28 de fevereiro, enviando currículo para o e-mail genteegestaoes@suzano.com.br informando, no título de e-mail, a vaga “Treinando”. Podem se inscrever profissionais com formação técnica em áreas como mecânica, elétrica, eletroeletrônica e outras. Após o período de inscrição, o time da Suzano fará a triagem dos inscritos que serão convidados para etapa presencial do processo.
 
Os selecionados neste processo passarão por dois meses de treinamento no Senai de Cachoeiro de Itapemirim e um mês de treinamento na Unidade Mucuri da Suzano, onde a empresa já produz papel higiênico.
 
Além dos 45 profissionais de nível técnico que serão treinados no Senai, a Suzano também está com vagas abertas para engenheiro de processos, engenheiro de produção, engenheiro de manutenção, líder e analista de operações logísticas, analista de laboratório, analista de planejamento de manutenção e analista de melhoria contínua. As inscrições para essas vagas podem ser feitas no site https://jobs.kenoby.com/Suzano.
 
Localização - A unidade de conversão de papel de Cachoeiro de Itapemirim vai demandar investimento de R$ 130 milhões e a expectativa é de que comece a operar no segundo semestre de 2020. O empreendimento será instalado em área localizada na Comunidade do Retiro, na localidade de Safra, próximo à ES 482 e à BR 101. A instalação da unidade vai gerar cerca de 300 empregos diretos e indiretos na fase de construção e as obras devem ser iniciadas nos próximos meses.
 
A fábrica terá capacidade para converter 30 mil toneladas/ano de papel tissue (papeis suaves e de alta absorção) em produtos acabados. Serão produzidos no local papéis higiênicos de folhas dupla e tripla das marcas Mimmo, que já é líder de mercado no Espírito Santo, e Max Pure. A matéria-prima que abastecerá a unidade será produzida pela própria Suzano na Unidade Mucuri, no sul da Bahia. Quando estiver em operação, a fábrica deve gerar cerca de 200 empregos diretos e indiretos, considerando toda a cadeia de negócios movimentada pela atividade.
 
O empreendimento faz parte de um pacote de investimentos anunciados pela Suzano no final do ano passado, que totaliza R$ 933,4 milhões. Além da unidade de conversão de papel, os investimentos contemplam o retrofit da unidade industrial localizada em Aracruz, para ampliação da eficiência, e a expansão da base florestal da empresa no Espírito Santo.



Fonte: P6 Comunicação