Notícias - Fibria

Publicado 01/06/2021

Suzano bate recorde e produz 500 mil fardos de papel higiênico em Cachoeiro

Suzano bate recorde e produz 500 mil fardos de papel higiênico em CachoeiroA Suzano atingiu a marca de 500 mil fardos produzidos em apenas 80 dias em sua fábrica de conversão de papel, localizada em Cachoeiro de Itapemirim, que teve o início das operações em fevereiro deste ano. O número expressivo equivale a 32 milhões de rolos de papel higiênico e representa uma média muito acima da expectativa da companhia, que previa a produção de 159 mil fardos neste mesmo período.

Para o gerente industrial da unidade, Vander Rios, o recorde envolve uma gama de fatores, sobretudo o engajamento e o trabalho integrado das equipes. Desde o início do projeto de construção da fábrica, a Suzano tem investido na capacitação dos colaboradores e em equipamentos com alta performance.

“Os números demonstram o desenvolvimento do nosso time, o alinhamento das estratégias com a governança dos processos industriais e o engajamento das pessoas com o nosso propósito e os Direcionadores de Cultura. Em todas as ações ou projetos, buscamos entregar resultados com segurança, qualidade e sustentabilidade, a fim de manter a empresa competitiva e protagonista na transformação da nossa cadeia de valor e da sociedade”, ressalta.

Apenas no mês de abril, a fábrica produziu 259 mil fardos e superou mais um desafio ao alcançar o recorde diário com 13 mil fardos/dia. A expectativa é atuar com a capacidade máxima de operações até o final do trimestre e atingir a marca de 400 mil fardos/mês. A unidade produz papéis das marcas Mimmo (folha tripla e folha dupla) e Max Pure (folha dupla), sendo responsável pelo abastecimento dos estados da região Sudeste do Brasil.

Fonte: jornal empresariALL