Notícias - Fibria

Publicado 19/12/2018

Projeto ReDes inaugura nova peixaria e sede da Associação de Pescadores de São Mateus

Projeto ReDes inaugura nova peixaria e sede da Associação de Pescadores de São Mateus

A Associação dos Pescadores de São Mateus (Apesam) ganhou este mês uma nova peixaria e sede. O investimento é resultado de um projeto apresentado pela associação no edital do programa ReDes, parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Instituto Votorantim, representado no estado pela Fibria.

O objetivo do programa ReDes é contribuir para o desenvolvimento sustentável de municípios e para a geração de renda para a população de baixa renda das cidades participantes, entre elas São Mateus. Isso ocorre a partir da estruturação de negócios inclusivos, por meio da articulação de cadeias produtivas e investimento em projetos.

Segundo o consultor de Sustentabilidade da Fibria, Douglas Peixoto, o projeto da Apesam contempla investimentos na adequação da sede, sala de filetagem e peixaria, aprimoramento na criação de tilápias em tanque-rede e em tanque suspenso, além de capacitações em diversas áreas relacionadas ao projeto.

“Essa iniciativa vai beneficiar diretamente 34 famílias da associação, com impacto indireto em toda comunidade de pescadores de São Mateus”, destacou Douglas. A inauguração da nova sede contou com a presença do Secretário Municipal de Agricultura, João Vasconcelos; do gerente de Aquicultura e Pesca do Espírito Santo, Alejandro Garcia; do presidente da Apesam, Antônio Sá de Souza; além de representante da Colônia de Pescadores e do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

Nas regiões de atuação da Fibria no Espírito Santo e sul da Bahia, onze projetos foram aprovados pelo ReDes, envolvendo pequenos produtores rurais, assentados, quilombolas e pescadores artesanais, em diferentes linhas de atuação, como Pesca Artesanal, Aquicultura, Agricultura, Pecuária, Beneficiamento de Farinha, Beneficiamento de Frutas e Prestação de Serviços Florestais.



Fonte: Assessoria de Imprensa Fibria