Notícias - Fibria

Publicado 12/09/2013

Fibria e parceiros reformam estaleiro de Barra do Riacho

Fibria e parceiros reformam estaleiro de Barra do Riacho

Obra beneficia comunidade pesqueira.

Os pescadores de Barra do Riacho passaram a contar com um estaleiro reformado e mais seguro para fazer os reparos em seus barcos. O estaleiro Florestano Azeredo, pertencente  à Associação de Pescadores de Barra do Riacho (ASPEBR), foi reformado a partir da parceria firmada entre as empresas Fibria, Tecvix, SK Subaquática e RJG Elétrica e Instrumentação.

Foram quatro meses de obras em recuperação dos berços de atracação, incluindo carrinhos, roletes, trilhos e sustentação submersa, manutenção e recuperação do guincho de atracação e toda a parte elétrica. O estaleiro foi construído pela própria empresa, há aproximadamente oito anos.

O presidente da Associação de Pescadores de Barra do Riacho, Sebastião Vicente Buteri, observa que houve um desgaste natural e corrosão das partes metálicas dos equipamentos do estaleiro. “Essa reforma era muito importante. Aqui nós consertamos os barcos e evitamos que eles afundem. São reformas em embarcações da região”, destacou.

A consultora de Sustentabilidade da Fibria, Lícia Lucas Cantarella, enfatiza que a iniciativa integra a estratégia social da empresa, que busca contribuir para promover o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua. “Também buscamos o relacionamento saudável com comunidades prioritárias, o que se materializa por meio de diálogo e investimentos que associam inclusão social e conservação ambiental”, observou ela.

Com esta ação, as empresas envolvidas na ação esperam contribuir para melhorar a condição social dos pescadores que, em sua maioria, trabalham de forma artesanal. O último levantamento socioeconômico, realizado pela Fibria no final de 2012, indica que 147 pescadores compõem a comunidade pesqueira da região.