Notícias - Fibria

Publicado 10/06/2017

Escolas de Alcobaça (BA) e de Conceição da Barra (ES) se destacam com iniciativas de agricultura familiar sustentável

Escolas de Alcobaça (BA) e de Conceição da Barra (ES) se destacam com iniciativas de agricultura familiar sustentável

Desenvolvida pelo Programa de Educação Ambiental Árvore do Saber, da Fibria, o Projeto de Experiências Pedagógicas visa disseminar o conhecimento sobre a agricultura sustentável.

Visando disseminar o conhecimento sobre o uso de tecnologias sustentáveis na produção agrícola familiar, a Fibria incentiva professores de escolas públicas a desenvolverem Projetos de Experiências Pedagógicas voltados ao tema “Agricultura familiar”. Realizada pelo Programa de Educação Ambiental “Árvore do Saber”, a iniciativa envolve escolas de regiões vizinhas de todas as unidades da empresa: Aracruz (ES-BA-MG), Jacareí (SP) e Mato Grosso do Sul (MS). Entre 40 projetos selecionados, dois são de escolas de Conceição da Barra (ES) e Alcobaça (BA).

Os trabalhos interagem com a proposta do “Ano Internacional da Agricultura Familiar” da Organização das Nações Unidas (ONU), celebrado em 2014, que destaca a importância da agricultura familiar sustentável. Além de informar e destacar os benefícios dessa forma de produção, a iniciativa também estimula o hábito da alimentação saudável.

O desenvolvimento dos projetos envolveu 958 alunos de nove escolas de Alcobaça (BA) e nove escolas de Conceição da Barra (ES) do 5º ano do ensino fundamental. Foram selecionados os seguintes projetos: “Canteiro Sustentável” da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Eloi Ferreira”, de Alcobaça; e “Agricultura Familiar e Saúde - Horta” da Escola Municipal Aluizio Feu Smirdele, de Conceição da Barra. O Programa foi desenvolvido em parceria com as Secretarias de Educação dos municípios de Conceição da Barra (ES) e Alcobaça (BA).

Maria Rangel, analista de Meio Ambiente Florestal da Fibria, fala sobre a proposta do Programa de Formação Ambiental. “O Programa visa proporcionar informação e reflexão sobre os temas ambientais, incentivando o processo ‘ensino-aprendizagem’. As ações e práticas têm papel fundamental na construção de valores, contribuindo para a mudança de atitudes e hábitos dos alunos”, explica.

Os Projetos de Experiências Pedagógicas também abrangeram outros estados onde a Fibria atua. No cenário nacional, mais de 3.700 alunos se envolveram nos trabalhos e 40 projetos foram escolhidos.

Processo

Após participarem de palestras e workshops sobre o tema, os professores desenvolveram atividades educativas como jogos e dinâmicas para os alunos. Os trabalhos foram registrados mensalmente no site do JornalEco www.turmadoleleco.br (publicação de educação ambiental da empresa) e analisados de acordo com os critérios descritos no Guia do Professor. “Os projetos que mais se destacaram foram para a fase final, que é a implementação da prática, por exemplo, projetos de horta”, explica Maria Rangel.



Fonte: P6 Comunicação