Notícias - Fibria

Publicado 13/10/2013

Artesãs de Barra do Riacho participam de oficina de criação e produção artesanal

Artesãs de Barra do Riacho participam de oficina de criação e produção artesanal

A ação faz parte do Projeto de Artesanato de Barra do Riacho, desenvolvido pela Fibria em parceria com o Sebrae-ES.

Um grupo de 38 mulheres que participam do Projeto de Artesanato de Barra do Riacho terá a oportunidade de fazer uma oficina de criação e produção artesanal com os designers Renato Imbroisi, Tina e Lui, renomados no Brasil e exterior. A oficina está sendo realizada no período de 8 a 12 e de 14 a 17 de outubro, no salão paroquial da igreja São Sebastião, em Barra do Riacho. O objetivo é oferecer às artesãs ferramentas para incrementar os trabalhos que desenvolvem.

Antes da oficina, o Projeto promoveu uma etapa de mobilização, com duração de seis meses, e envolveu um total de 80 pessoas em diferentes momentos e ações, tais como palestra de associativismo, curso Mulher Empreendedora, visita à mostra Artesanato Capixaba, palestras no Sebrae-ES, palestra Desenho de Fibra e visita à Casa Cor. Também foi realizado um diagnóstico do artesanato produzido em Barra do Riacho.

O artesão Renato Imbroisi destacou que a oficina de criação e desenvolvimento de produtos artesanais combinará design e identidade cultural com técnicas tradicionais de trabalhos manuais. Às participantes do grupo, ele destaca: “Será um trabalho árduo, mas muito divertido e produtivo, podem crer”.

O Projeto de Artesanato de Barra do Riacho é desenvolvido pela Fibria em parceria com o Sebrae-ES. A atividade com as artesãs de Barra do Riacho teve início em abril deste ano e tem entre suas premissas o desenvolvimento de produtos baseados nas tendências de mercado e com diferencial da inovação e qualidade total, além da valorização da cultura local.

Os designers Renato Imbroisi acumula uma longa experiência e trabalhos em parceria com artesãos têxteis, dirigindo oficinas de criação e desenvolvimento de novos produtos, e já participou de mais de 140 projetos em 23 estados e também no Japão, Itália, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Maria Cristina de Azevedo Moura (Tina) e Ana Luísa Lo Pumo (Lui) são formadas em Arquitetura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com pós-graduação em desenho industrial pela Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul (PUCRS). Atuam na área de arquitetura de interiores residenciais, comerciais e em design, desenvolvendo produtos para indústria moveleira. Obtiveram diversos prêmios de design, entre eles o Prêmio Museu da Casa Brasileira (SP), o Salão Design da Movelsul (RS) e o Prêmio Ibama.