Notícias - ArcelorMittal

Publicado 28/09/2017

Semana orienta sobre cuidados com o corpo e a mente

Semana orienta sobre cuidados com o corpo e a mente

Games, vídeos, palestras e exposições marcam a realização da SipatMA. Dentre os destaques está a utilização de realidade virtual para orientar sobre segurança doméstica de crianças

Os principais cuidados necessários para se ter uma vida saudável nortearão a Semana Interna de Prevenção de Acidente do Trabalho, Meio Ambiente (SipatMA) e Semana de Saúde, que a ArcelorMittal Tubarão realiza de 02 a 06 de outubro.
 
O evento, dirigido ao público interno, será promovido no Centro de Educação Ambiental (CEA) da empresa e contará com exposição de estandes e exibição de vídeos onde serão fornecidas dicas sobre alimentação saudável e orientações sobre prevenção do diabetes, infecções sexualmente transmissíveis, ergonomia, saúde financeira, empreendedorismo e outros temas. Uma horta com plantas medicinais também estará na mostra para os visitantes poderem conhecer um pouco mais sobre o poder da natureza no tratamento e cura de várias doenças.
 
Na área de segurança, destaque para o simulador de direção, que recria condições adversas para testar habilidades e orientar condutores, e o óculos que simula embriaguez, cujo objetivo é reforçar a conscientização do motorista, mostrando que, ao beber e dirigir, ele coloca a sua própria vida e a dos outros em perigo. Outra ação de destaque trata da segurança doméstica. Por meio de realidade virtual, os visitantes terão a oportunidade de ver uma casa sob o olhar de uma criança. A proposta é fazer com que entendam melhor como e por que ela se envolve em acidentes e, assim, poder evitá-los.
 
A Semana contará, ainda, com ponto de doação de sangue. O ônibus do Hemocentro do Espírito Santo (Hemoes) estará no local, disponível aos interessados durante o evento, que acontece das 9 horas às 16h30.
 
Os participantes poderão conhecer também a Escola Móvel de Mecânica Veicular do SESI/SENAI, uma carreta considerada a maior unidade móvel da América Latina e que tem como proposta percorrer o Estado levando cursos de formação profissional aos municípios aonde o SESI/SENAI não tem estrutura física instalada.
 
Outro ponto alto da Semana será uma campanha de combate à violência contra a mulher. A ação contará com um grande laço branco, feito com lâmpadas LED apagadas, e um púlpito onde o visitante assistirá a um vídeo sobre o tema. Após a exibição, ele será convidado a postar a hastag #arcelormittalpelofimdaviolencia em sua página no Facebook e que, por fim, fará acender a luz LED do laço.
 
Confira alguns temas e abordagens da SipatMA:
 
Alimentação Saudável - a falta ou excesso de alimentos pode levar a várias doenças, por isso, uma alimentação saudável deve conter nutrientes como proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais, em quantidades certas, sem exageros e também sem exclusões. 
 
Diabetes - cerca de 7% da população brasileira (mais de 13 milhões de pessoas) têm diabetes e, em alguns casos, o diagnóstico demora, favorecendo o aparecimento de complicações. O que saber sobre a doença? Como evitá-la?
 
Ergonomia - presente em praticamente todas as atividades do nosso dia a dia, ela vem sendo amplamente aplicada na concepção de produtos e serviços mais seguros, confortáveis e que ajudem a executar atividades de forma mais eficiente e eficaz.
 
Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) - conhecer as formas de transmissão das doenças, que podem ser causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos, assim como as possibilidades de tratamento.
 
Fitoterapia - recurso de prevenção e tratamento de doenças através das plantas medicinais, ela combate doenças e deve ser utilizada mediante orientação de um profissional de saúde.
 
Cuidando da mente - do estresse mal trabalhado surge uma série de problemas sociais, físicos, mentais e espirituais. Mas algumas estratégias podem contribuir para uma melhor qualidade de vida, mesmo diante de uma rotina agitada.
 
Saúde financeira e empreendedorismo - saber administrar a economia requer atenção com a origem dos gastos e saber ajustar os recursos ao que é prioridade. E isso não significa apenas comprar bens, mas também investir em nós mesmos, com cursos, capacitações e muito mais.



Fonte: Mile4 Assessoria de Comunicação